E SÃO PAU­LO? TÁ RUSSO, MANO!

Metro Brazil (ABC) - - Publimetro - CIRO & BER­NAR­DO Por ho­je é só! Ciro Bo­te­lho e Ber­nar­do Pen­te­a­do! Os Co­lu­ná­ti­cos! Di­re­to da re­da­ção do Pâ­ni­co! Twit­ter: @ci­ra­o­bo­te­lho/@ber­nard­pen­te­a­do

Bom dia, ca­ros e in­fla­ci­o­na­dos lei­to­res! Co­lu­ná­ti­cos no ar!

PEN­SA­MEN­TO DO DIA!

Vo­cê per­ce­be que a vi­da é in­jus­ta quan­do vê que o di­a­bo ves­te Pra­da e vo­cê, que é bom, ho­nes­to e tra­ba­lha, ves­te C&A, Ri­a­chu­e­lo e Ma­ri­sa.

E AS ELEI­ÇÕES EM SÃO PAU­LO?

Não sei se vo­to na Mar­ta, no Dó­ria ou na Erun­di­na! Aliás, per­gun­ta­ram pra um pau­lis­ta­no: “Co­mo tá a si­tu­a­ção aí em Ca­pão Re­don­do?” “TÁ RUSSO, MANO!” A si­tu­a­ção tá co­mo o Cel­so: tá russo, mano! E o Si­mão dis­se que o Do­ria pas­sa o dia in­tei­ro co­men­do. Pra fin­gir que é po­bre! Ele pen­sa que po­bre só fre­quen­ta dois lu­ga­res: fei­ra e bo­te­co! E co­mo dis­se o ou­tro: “O vi­ce do Dó­ria de­via ser o Ro­ber­to Jus­tus.” Ver­da­de! Cha­pa co­xi­nha: Do­ria e Jus­tus! Os Per­fei­tos de São Pau­lo! Por fa­lar nis­so, co­lo­quei uma fo­to mi­nha com a fa­mí­lia no Pho­toshop e cli­quei em “ti­rar im­per­fei­ções.” Su­miu to­do mun­do, só fi­cou eu!

E ATEN­ÇÃO! A ANGELINA JO­LIE LARGOU O BRAD PITT PRA FI­CAR CO­MI­GO!

Olha a me­me da semana: “Fá­ti­ma e Wil­li­am Bon­ner! Bob’s e Ovo­mal­ti­ne! Angelina e Brad. Eu e a di­e­ta! Hahahaha! Co­mo dis­se o Emi­lio: “O ca­sa­men­to é in­viá­vel.” O ca­sa­men­to é co­mo o Bra­sil: não fun­ci­o­na! Por fa­lar nis­so, cor­re na In­ter­net du­as char­ges hi­lá­ri­as. Um ca­ra pe­de pro gê­nio da lâm­pa­da: “De­se­jo es­tar sem­pre nos bra­ços de uma mu­lher ri­ca.” Aí o gê­nio trans­for­mou o ca­ra num po­o­dle. E o ca­ra pe­diu pro gê­nio: “Fa­ça-me ir­re­sis­tí­vel pa­ra as mu­lhe­res.” E aí o gê­nio trans­for­mou o ca­ra num Mas­ter Card. E ATEN­ÇÃO! FI­ZE­RAM UMA ENQUETE SO­BRE O CA­SA­MEN­TO! Per­gun­ta­ram pras es­po­sas qual era a mai­or quei­xa de­las em re­la­ção aos ma­ri­dos. 90%, ma­ri­dos com dé­fi­cit de aten­ção! E 10%, so­li­dão das es­po­sas! Se­gun­do a pes­qui­sa, os ma­ri­dos não pres­tam aten­ção nas con­ver­sas das es­po­sas e elas se sen­tem so­li­tá­ri­as. Por fa­lar nis­so, a mu­lher foi ao psi­qui­a­tra e fa­lou: “Dou­tor, nin­guém fa­la co­mi­go.” Psi­qui­a­tra: “Pró­xi­mo.” Hahahahaha!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.