PA­LOC­CI PRE­SO

Mi­nis­té­rio Pú­bli­co diz que ex-mi­nis­tro de Lu­la e Dil­ma te­ria atu­a­do pa­ra fa­vo­re­cer a Ode­bre­cht; pro­pi­na ar­re­ca­da­da se­ria de R$ 128 mi­lhões

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - RA­FA­EL NE­VES

O ex-mi­nis­tro An­to­nio Pa­loc­ci e dois ex-as­ses­so­res fo­ram pre­sos on­tem na 35ª fa­se da La­va Ja­to, sus­pei­tos de re­co­lher, de 2008 a 2013, pe­lo me­nos R$ 128,5 mi­lhões em pro­pi­nas ao PT da em­prei­tei­ra Ode­bre­cht.

O va­lor foi ex­traí­do de uma pla­ni­lha cha­ma­da “Po­si­ção Pro­gra­ma Es­pe­ci­al Ita­li­a­no”, apre­en­di­da com um exe­cu­ti­vo da Ode­bre­cht. A lis­ta con­tém, se­gun­do a for­ça-ta­re­fa, pro­pi­nas que o gru­po pa­ga­va por or­dem de “Ita­li­a­no”, co­di­no­me que se re­fe­ri­ria a Pa­loc­ci, que foi mi­nis­tro da Fa­zen­da de Lu­la (2003-06) e che­fe da Ca­sa Ci­vil de Dil­ma (2011).

O no­me da 35ª fa­se, “Omertà”, é uma re­fe­rên­cia em ita­li­a­no ao código de si­lên­cio en­tre ma­fi­o­sos.

A ope­ra­ção foi fei­ta qu­a­tro di­as após a 34ª fa­se, que mi­rou o ex-mi­nis­tro Gui­do Man­te­ga. O PT cha­mou am­bas de um “es­pe­tá­cu­lo pré-elei­to­ral”, já que ex­põem o par­ti­do às vés­pe­ras do plei­to mu­ni­ci­pal no pró­xi­mo domingo. A le­gen­da cri­ti­cou o mi­nis­tro da Jus­ti­ça, Ale­xan­dre de Mo­ra­es, que an­te­ci­pou que ha­ve­ria uma no­va fa­se da La­va Ja­to (leia mais abai­xo).

Se­gun­do a pla­ni­lha, a Ode­bre­cht acu­mu­lou uma dí­vi­da de R$ 200 mi­lhões com o PT via Pa­loc­ci. Co­mo já te­ria pa­go R$ 128,5 mi­lhões, ain­da ha­ve­ria a acer­tar um sal­do de R$ 71,5 mi­lhões ao par­ti­do.

Os pa­ga­men­tos se­ri­am fru­to de si­tu­a­ções em que Pa­loc­ci te­ria aju­da­do a em­pre­sa no go­ver­no fe­de­ral, tan­to na po­si­ção de de­pu­ta­do quan­to na de mi­nis­tro. As in­fluên­ci­as vão des­de a apro­va­ção de uma me­di­da pro­vi­só­ria em 2009 até um fi­nan­ci­a­men­to do BNDES em An­go­la, na Áfri­ca, de in­te­res­se da em­prei­tei­ra.

No ce­lu­lar de Ode­bre­cht, apre­en­di­do na pri­são do em­prei­tei­ro, em ju­nho de 2015, fo­ram co­le­ta­das men­sa­gens em que ele nar­ra reu­niões com Pa­loc­ci a exe­cu­ti­vos do gru­po. Além dis­so, há e-mails de Ode­bre­cht a Bra­nis­lav Kon­tic, ex-as­ses­sor de Pa­loc­ci, com quem se agen­da­vam reu­niões. Já a pla­ni­lha tem men­ções a “JD”, que se­ria Jus­ce­li­no Dou­ra­do, ou­tro ex-as­ses­sor. Kon­tic e Dou­ra­do tam­bém fo­ram de­ti­dos on­tem. As três pri­sões são tem­po­rá­ri­as, com pra­zo de cin­co di­as.

O ad­vo­ga­do Jo­sé Ba­to­chio, que de­fen­de Pa­loc­ci, diz que ele “ja­mais re­ce­beu qual­quer van­ta­gem ilí­ci­ta” e a pri­são é des­ne­ces­sá­ria, “uma vez que Pa­loc­ci tem en­de­re­ço co­nhe­ci­do e po­de­ria dar to­das as in­for­ma­ções ne­ces­sá­ri­as se fos­se in­ti­ma­do a de­por”.

| RO­DRI­GO FÉLIX LE­AL / FU­TU­RA PRESS

Pa­loc­ci foi de­ti­do em São Pau­lo e che­gou on­tem a Cu­ri­ti­ba; pri­são va­le por 5 di­as

| CASSIANO ROSÁRIO/FU­TU­RA PRESS

Pa­loc­ci de­ve fi­car pre­so por pe­lo me­nos 5 di­as

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.