‘Trin­tões’ sem fa­cul­da­de se­rão o pe­so da ba­lan­ça

Vo­to. Nú­me­ros mos­tram que as mu­lhe­res jo­vens da re­gião são mai­o­ria en­tre os elei­to­res

Metro Brazil (ABC) - - Foco - CADU PROIETI

Com pou­cas pes­qui­sas re­a­li­za­das so­bre o ce­ná­rio elei­to­ral no ABC, ape­nas uma coi­sa é cer­ta so­bre o re­sul­ta­do das ur­nas no pró­xi­mo do­min­go: qu­em vai de­ci­dir os no­vos pre­fei­tos e ve­re­a­do­res de San­to André, São Ber­nar­do e São Ca­e­ta­no são pes­so­as na fai­xa dos 30 anos e que não têm en­si­no su­pe­ri­or.

Ao to­do, são 1,33 mi­lhão de elei­to­res nes­te ano nas três ci­da­des. A mai­or par­te é com­pos­ta por mu­lhe­res (52,1%) en­tre 30 e 40 anos (21,2%) que não têm for­ma­ção uni­ver­si­tá­ria (89,4%).

O per­fil da po­pu­la­ção que vo­ta em San­to André e São Ber­nar­do é se­me­lhan­te. Nas du­as ci­da­des, pre­va­le­ce o elei­to­ra­do fe­mi­ni­no, com ida­de en­tre 30 e 39 anos e es­co­la­ri­da­de até o en­si­no mé­dio.

Em São Ca­e­ta­no, o ce­ná­rio é pa­re­ci­do, mas tem le­ve al­te­ra­ção. A ci­da­de pos­sui a mai­or por­cen­ta­gem de pes­so­as com cur­sos su­pe­ri­or com­ple­to (19,2%). Em San­to André, es­te ín­di­ce é de 9,9% e em São Ber­nar­do fi­ca em 9,5%.

Ou­tro nú­me­ro que di­fe­ren­cia o mu­ni­cí­pio dos ou­tros dois da re­gião é a quan­ti­da­de de anal­fa­be­tos que vão às ur­nas. En­quan­to em São Ca­e­ta­no so­men­te 0,2% do elei­to­ra­do não é al­fa­be­ti­za­do, em San­to André a pro­por­ção é de 1,5% e em São Ber­nar­do de 1,9%. Au­men­to Ape­sar de o ní­vel es­co­lar dos elei­to­res ain­da ser bai­xo, es­se ce­ná­rio re­gis­trou evo­lu­ção. Na com­pa­ra­ção com o úl­ti­mo plei­to mu­ni­ci­pal, em 2012, hou­ve au­men­to de elei­to­res com cur­so su­pe­ri­or com­ple­to ou incompleto e en­si­no mé­dio com­ple­to e incompleto nas três ci­da­des.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.