NÃO DÁ PA­RA ER­RAR O PON­TO!

JU­RA­DOS PRO­ME­TEM MAIS RI­GOR NO ‘MAS­TERCHEF PRO­FIS­SI­O­NAIS’ QUE ES­TREIA HO­JE NA BAND

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

Se os er­ros já eram pou­co to­le­ra­dos no “Mas­terChef” tra­di­ci­o­nal, eles pas­sam a ser pra­ti­ca­men­te inad­mis­sí­veis em “Mas­terChef Pro­fis­si­o­nais”, que es­treia ho­je, às 22h30, na Band. O re­sul­ta­do dis­so, na ava­li­a­ção da apre­sen­ta­do­ra Ana Pau­la Pa­drão, é um pro­gra­ma mui­to mais ágil e alu­ci­nan­te.

“Os per­so­na­gens se re­ve­lam mui­to mais ra­pi­da­men­te. O pri­mei­ro epi­só­dio, por exem­plo, tem uma ve­lo­ci­da­de que não hou­ve com os ama­do­res. O rit­mo é al­to e não pa­ra, só ace­le­ra”, diz ela.

Ou­tro di­fe­ren­ci­al é que os can­di­da­tos che­gam mui­to mais se­gu­ros. “Eles têm per­fis di­fe­ren­tes, mas aqui são

“No pri­mei­ro dia, to­dos os pra­tos eram mui­to bons e nós pre­ci­sa­mos ape­lar pa­ra cri­té­ri­os de ava­li­a­ção mui­to su­tis.” PA­O­LA CA­RO­SEL­LA, CHEF E JU­RA­DA

to­dos ex­pos­tos a uma di­nâ­mi­ca di­fe­ren­te. No mo­men­to de de­ses­pe­ro, ca­da um ape­la pa­ra sua ex­pe­ri­ên­cia e de­fen­de su­as pró­pri­as idei­as até o fim mes­mo a con­tra­gos­to dos chefs”, con­ti­nua Pa­drão, re­fe­rin­do-se ao trio de ju­ra­dos for­ma­do por Hen­ri­que Fo­ga­ça, Pa­o­la Ca­ro­sel­la e Erick Jac­quin, que se­gue com a mis­são de ava­li­ar os can­di­da­tos. Co­mo era de se es­pe­rar, o ri­gor tam­bém é mai­or.

A ten­são é gran­de não ape­nas pa­ra os can­di­da­tos, mas tam­bém pa­ra o jú­ri, co­mo ex­pli­ca Ca­ro­sel­la. “No pri­mei­ro dia de gra­va­ção, eu não con­se­gui res­pi­rar. To­dos os pra­tos eram mui­to bons e nós pre­ci­sa­mos ape­lar pa­ra cri­té­ri­os de ava­li­a­ção mui­to su­tis”, diz ela.

Al­guns de­sa­fi­os se­guem o exem­plo das edi­ções ama­do­ras, com cai­xas mis­te­ri­o­sas, pro­vas em equi­pe e pro­vas de pres­são, mas há es­pa­ço pa­ra no­vi­da­des, co­mo pro­vas de rein­ven­ção – em que o can­di­da­to pre­ci­sa re­pro­du­zir o pra­to de ou­tro chef após ex­pe­ri­men­tá-lo, sem qual­quer in­for­ma­ção adi­ci­o­nal – e pro­vas de ser­vi­ço, co­mo se es­ti­ves­sem tra­ba­lhan­do em um res­tau­ran­te pro­fis­si­o­nal. Nes­ses ca­sos, um dos três ju­ra­dos se­rá res­pon­sá­vel por co­man­dar a equi­pe.

O pro­gra­ma tam­bém ga­nha um no­vo ce­ná­rio, o es­pa­ço do ves­tiá­rio, on­de o pro­gra­ma co­me­ça com a che­ga­da dos can­di­da­tos e ter­mi­na com o de­poi­men­to do eli­mi­na­do.

En­tre os 14 com­pe­ti­do­res es­tão pro­fis­si­o­nais de co­zi­nha, con­sul­to­res, pro­fes­so­res de gas­tro­no­mia e per­so­nal chefs que dis­pu­tam um prê­mio de R$ 170 mil, além de um car­ro, o tro­féu “Mas­terChef Pro­fis­si­o­nais” e um va­le-com­pras de R$ 1 mil por mês.

ME­TRO

| DI­VUL­GA­ÇÃO

Ti­me de 14 com­pe­ti­do­res é for­ma­do por chefs, con­sul­to­res e pro­fes­so­res de gas­tro­no­mia, en­tre ou­tros

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.