Na Colôm­bia, Farc e San­tos ain­da bus­cam sal­var a paz

Guer­ri­lha e pre­si­den­te co­lom­bi­a­no bus­cam al­ter­na­ti­vas pa­ra re­ver­ter vi­tó­ria do “Não” em ple­bis­ci­to

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

Um dia após a vi­tó­ria aper­ta­da do “Não” no ple­bis­ci­to re­a­li­za­do na Colôm­bia so­bre um acor­do de paz com as Farc (For­ças Ar­ma­das Re­vo­lu­ci­o­ná­ri­as da Colôm­bia), o pre­si­den­te do país, Ju­an Ma­nu­el San­tos, afir­mou que con­ti­nu­a­rá a ne­go­ci­ar um ces­sar-fo­go com o gru­po.

“Bus­ca­rei a paz até o úl­ti­mo dia do meu man­da­to”, dis­se o co­lom­bi­a­no. San­tos afir­mou que pro­cu­ra­rá as for­ças po­lí­ti­cas da Colôm­bia, em par­ti­cu­lar as que fi­ze­ram cam­pa­nha pe­lo “não” no referendo, pa­ra es­cu­tar as res­sal­vas de­las ao acor­do com a guer­ri­lha.

Um dos prin­ci­pais mi­li­tan­tes pe­lo “Não”, o ex-pre­si­den­te do país Ál­va­ro Uri­be se dis­se dis­pos­to a par­ti­ci­par do diá­lo­go pa­ra pôr fim à ati­vi­da­de das Farc, mas es­ta­be­le­ceu con­di­ções pa­ra as no­vas ne­go­ci­a­ções. Pa­ra Uri­be, um acor­do “não po­de ser in­ter­pre­ta­do co­mo ‘prê­mio’ por um cri­me”.

A gu­er­ra da Colôm­bia com as Farc já du­ra 52 anos e ma­tou 220 mil pes­so­as. As ne­go­ci­a­ções de paz vêm des­de 2012. A guer­ri­lha tem di­to que quer vi­rar um par­ti­do po­lí­ti­co. Em­bo­ra o referendo não fos­se exi­gên­cia das Farc nem da cons­ti­tui­ção co­lom­bi­a­na, o go­ver­no con­vo­cou a con­sul­ta po­pu­lar pa­ra dar le­gi­ti­mi­da­de po­lí­ti­ca à de­ci­são.

O re­sul­ta­do con­tra­ri­ou as pes­qui­sas de opi­nião, que pre­vi­am vi­tó­ria do “Sim”com 66% dos vo­tos. O “Não” ven­ceu, por 50,2%.

Os lí­de­res da guer­ri­lha dis­se­ram que vão man­ter o ces­sar-fo­go acor­da­do com o go­ver­no San­tos, ape­sar do re­vés no referendo. “As Farc re­a­fir­mam sua von­ta­de pró­pria de paz e sua dis­po­ni­bi­li­da­de de usar ape­nas a pa­la­vra co­mo ar­ma de cons­tru­ção do fu­tu­ro”, afir­mou o guer­ri­lhei­ro Rodrigo Lon­do­no, co­nhe­ci­do co­mo “Ti­mo­chen­ko”. ME­TRO

| DI­VUL­GA­ÇÃO/REUTERS

San­tos pro­cu­ra­rá gru­po que vo­tou con­tra acor­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.