SBC e Sa­besp dis­pu­tam na Jus­ti­ça qui­ta­ção de multas

Pre­fei­tu­ra já apli­cou na com­pa­nhia de sa­ne­a­men­to es­ta­du­al 707 multas des­de 2014. Va­lo­res che­gam, pe­lo me­nos, a R$ 51,7 mi­lhões, mas a em­pre­sa con­tes­ta nos tri­bu­nais. Mo­ti­vos prin­ci­pais das au­tu­a­ções são ser­vi­ços mal pres­ta­dos

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - VANESSA SELICANI

A Pre­fei­tu­ra de São Bernardo apli­cou des­de 2014 ao me­nos 707 multas con­tra a Sa­besp (Com­pa­nhia de Sa­ne­a­men­to Bá­si­co do Es­ta­do de São Pau­lo) por con­ta de pro­ble­mas no ser­vi­ço pres­ta­do pe­la com­pa­nhia na ci­da­de.

As au­tu­a­ções já ul­tra­pas­sam R$ 51,7 mi­lhões. Os dados fo­ram ob­ti­dos pe­lo Metro Jor­nal via Lei de Aces­so à In­for­ma­ção. A Sa­besp re­co­nhe­ce a apli­ca­ção das multas, mas re­cor­re à Jus­ti­ça con­tra par­te de­las. Até ago­ra, fo­ram pa­gos R$ 8 mi­lhões em de­zem­bro do ano pas­sa­do.

O va­lor de multas apli­ca­das po­de ser ain­da mai­or do que in­for­ma­do via Lei de Aces­so. De acor­do com a Agência Re­gu­la­do­ra de Sa­ne­a­men­to Bá­si­co da ci­da­de, em res­pos­ta via as­ses­so­ria de im­pren­sa, a Sa­besp de­ve R$ 200 mi­lhões por con­ta das au­tu­a­ções.

Elas se re­fe­rem ao des­cum­pri­men­to de re­gras es­ta­be­le­ci­das na Lei Mu­ni­ci­pal 6.321 de 2013, so­bre au­to­ri­za­ção de obras não emer­gen­ci­ais, si­na­li­za­ção da obra e re­com­po­si­ção de pa­vi­men­to.

Os ca­sos e en­de­re­ços es­pe­cí­fi­cos com ir­re­gu­la­ri­da­des são pu­bli­ca­dos no Diá­rio Ofi­ci­al da ci­da­de des­de 2014, quan­do as multas pas­sa­ram a ser apli­ca­das. A mai­or par­te de­las diz res­pei­to a pro­ble­mas no as­fal­to re­fei­to pe­la Sa­besp após obras de sa­ne­a­men­to, co­mo re­tra­ba­lho de re­po­si­ção as­fál­ti­ca, so­la­pa­men­to (ero­são) e des­ni­ve­la­men­to.

A com­pa­nhia es­ta­du­al dis­se ter re­co­nhe­ci­do multas re­fe­ren­tes à pa­vi­men­ta­ção não exe­cu­ta­da no pra­zo de­ter­mi­na­do e pa­go o mon­tan­te. “As de­mais multas fo­ram con­tes­ta­das na Jus­ti­ça por não es­ta­rem de acor­do com os ins­tru­men­tos le­gais apli­cá­veis a Sa­besp”, diz a em­pre­sa em no­ta.

A agência re­gu­la­do­ra afir­ma di­a­lo­gar com a com­pa­nhia pa­ra a me­lho­ra dos ser­vi­ços. “Por fim, in­for­ma­mos que a pre­fei­tu­ra vem ten­tan­do ne­go­ci­ar um no­vo con­tra­to com a Sa­besp, ten­do em vis­ta os pés­si­mos ser­vi­ços pres­ta­dos, que po­dem ser per­ce­bi­dos, por exem­plo, pe­lo ín­di­ce de per­das de água, que é de 40%. Além dis­so, ape­sar do mu­ni­cí­pio res­pon­der pe­la se­gun­da mai­or re­cei­ta da Sa­besp, os in­ves­ti­men­tos pra­ti­ca­dos pe­la em­pre­sa no mu­ni­cí­pio são ir­ri­só­ri­os”, diz o ór­gão mu­ni­ci­pal.

| ALES­SAN­DRO VALLE/ABCDIGIPRESS

So­la­pa­men­to do as­fal­to de­pois das obras da em­pre­sa es­tá en­tre as re­cla­ma­ções

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.