Sam­sung es­ti­ma lu­cro 30% me­nor após ‘fi­as­co’ do No­te 7

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

A Sam­sung re­du­ziu sua es­ti­ma­ti­va de lu­cro do ter­cei­ro tri­mes­tre em um ter­ço, ab­sor­ven­do um im­pac­to de US$ 2,3 bi­lhões ao des­car­tar o Ga­laxy No­te 7 – smartpho­ne que é seu car­ro-che­fe –, o que po­de re­pre­sen­tar uma das fa­lhas de se­gu­ran­ça de pro­du­to mais one­ro­sas da his­tó­ria da tec­no­lo­gia.

Qu­an­ti­fi­can­do o gol­pe fi­nan­cei­ro da de­ci­são de ter­ça-fei­ra de ti­rar de cir­cu­la­ção o apa­re­lho por con­ta de um re­call glo­bal e se­ma­nas de pro­ble­mas cres­cen­tes – ca­sos de ex­plo­sões e in­cên­di­os es­pon­tâ­ne­os do apa­re­lho –, a mai­or fa­bri­can­te de smartpho­nes do mun­do dis­se acre­di­tar que seu lu­cro ope­ra­ci­o­nal de ju­lho a se­tem­bro foi de 5,2 tri­lhões de won sul-co­re­a­nos (US$ 4,7 bi­lhões), me­nos que os 7,8 tri­lhões de won (US$ 7 bi­lhões) es­ti­ma­dos.

A Sam­sung dis­se que o cor­te de 30% nos lu­cros pre­vis­tos re­fle­te as ven­das e o im­pac­to na re­cei­ta que a em­pre­sa pre­vê de­vi­do à de­ci­são de in­ter­rom­per de vez a co­mer­ci­a­li­za­ção do No­te 7.

“É pos­sí­vel que ha­ja um im­pac­to adi­ci­o­nal no lu­cro do quar­to tri­mes­tre, mas pro­va­vel­men­te não se­rá tão gran­de quan­to o de ago­ra”, dis­se Park Jung-ho­on, ad­mi­nis­tra­dor de fun­dos da HDC As­set Ma­na­ge­ment, que pos­sui ações da Sam­sung. METRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.