Ado­les­cen­te tro­ca fru­ta por re­fri, diz pes­qui­sa

O lí­der é o fa­mo­so ‘ar­roz e fei­jão’, mas ali­men­tos açu­ca­ra­dos es­tão en­tre os pre­fe­ri­dos

Metro Brazil (ABC) - - Saúde E Bem-estar -

Quan­do se tra­ta de ali­men­ta­ção, os jo­vens bra­si­lei­ros tro­cam a fru­ta pe­lo re­fri­ge­ran­te: en­tre os 10 ali­men­tos mais con­su­mi­dos pe­lo gru­po, a be­bi­da fi­ca em sex­to lu­gar, en­quan­to as fru­tas nem apa­re­cem no ran­king.

As in­for­ma­ções são da pes­qui­sa Eri­ca (Es­tu­do de Ris­cos Car­di­o­vas­cu­la­res em Ado­les­cen­tes), fei­ta pe­lo Mi­nis­té­rio da Saú­de e a UFRJ (Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral do Rio de Ja­nei­ro). O es­tu­do ou­viu ado­les­cen­tes en­tre 12 e 17 anos de 1.247 es­co­las, dis­tri­buí­das em 124 mu­ni­cí­pi­os.

Os do­ces apa­re­cem lo­go de­pois, com 39,3% de ade­são. Ao mes­mo tempo em que os jo­vens pri­vi­le­gi­am be­bi­das açu­ca­ra­das, par­te de­les tam­bém man­têm há­bi­tos não re­co­men­da­dos por nu­tri­ci­o­nis­tas. Não so­men­te du­ran­te as re­fei­ções, mas 39,6% tam­bém con­so­mem pe­tis­cos em fren­te à te­le­vi­são ‘sem­pre ou qu­a­se sem­pre.

“Tra­ba­lhos mos­tram que, quan­do a pes­soa faz re­fei­ções com com­pa­nhia, há uma ten­dên­cia mai­or de se pres­tar aten­ção no que se es­tá co­men­do, re­du­zin­do ex­ces­sos”, afir­mou a co­or­de­na­do­ra de Ali­men­ta­ção e Nu­tri­ção do Mi­nis­té­rio da Saú­de, Mi­che­le Les­sa.

O es­tu­do mos­trou ain­da que um em ca­da qua­tro ado­les­cen­tes apre­sen­ta pro­ble­mas com a ba­lan­ça: 17,1% têm so­bre­pe­so e 8,4% são obe­sos. O mi­nis­tro da Saú­de, Ricardo Bar­ros, as­si­nou uma por­ta­ria, na se­ma­na pas­sa­da, que de­fi­ne as Di­re­tri­zes pa­ra Pro­mo­ção da Ali­men­ta­ção Ade­qua­da e Sau­dá­vel nas uni­da­des da pas­ta em to­do o país. Fi­cam proi­bi­dos ali­men­tos in­dus­tri­a­li­za­dos ul­tra­pro­ces­sa­dos com ex­ces­so de açú­car, gor­du­ra e só­dio e pron­tos pa­ra o con­su­mo.

“Va­mos en­si­nar as cri­an­ças à ter há­bi­tos sau­dá­veis pa­ra que elas le­vem es­sa in­for­ma­ção pa­ra den­tro de su­as ca­sas e que ao lon­go da vi­da elas cri­em o há­bi­to de ‘des­cas­car’ e não ‘de­sem­ba­lar”, des­ta­cou. “As re­fei­ções pa­gas com re­cur­sos da pas­ta de­vem se­guir o pro­to­co­lo de Ali­men­ta­ção Sau­dá­vel”, pon­de­ra o mi­nis­tro.

“A pes­qui­sa de­mons­tra cla­ra­men­te co­mo se­rá nos­so fu­tu­ro se não to­mar­mos as me­di­das ne­ces­sá­ri­as pa­ra re­ver­ter es­sa ques­tão ali­men­tar. Te­mos um pa­pel pre­pon­de­ran­te na for­ma­ção de opi­nião pa­ra que os há­bi­tos se­jam mo­di­fi­ca­dos”, con­cluiu Ricardo Bar­ros. Eles não es­tão so­zi­nhos Os ado­les­cen­tes não são os úni­cos com há­bi­tos ali­men­ta­res que dei­xam a de­se­jar. Um em ca­da cin­co bra­si­lei­ros adul­tos que vi­vem nas ca­pi­tais bra­si­lei­ras con­so­me re­fri­ge­ran­te ou su­cos ar­ti­fi­ci­ais to­dos os di­as.

Mas, ao con­trá­rio dos jo­vens, quan­do se tra­ta das fru­tas, a no­tí­cia é mais po­si­ti­va: 37,6% da po­pu­la­ção adul­ta con­so­me fru­tas re­gu­lar­men­te – es­se ín­di­ce era de 29,9% em 2010.

METRO BH

| ALOISIO MAURICIO /FO­TOA­RENA/FOLHAPRESS

Se­gun­do es­tu­do da Agência Saú­de, fei­ta com ado­les­cen­tes de 12 a 17 anos, re­fri­ge­ran­te é o sex­to ali­men­to mais con­su­mi­do por eles, e fru­tas se­quer apa­re­cem en­tre os 20 ali­men­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.