Ho­rá­rio de ve­rão co­me­ça nes­te fim de se­ma­na

Me­di­da, que vi­sa re­du­zir con­su­mo de ener­gia, co­me­ça à meia-noi­te des­te sá­ba­do e vai até 19 de fe­ve­rei­ro de 2017

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

O ho­rá­rio de ve­rão da tem­po­ra­da 2016/2017 te­rá iní­cio ofi­ci­al­men­te à meia-noi­te de ama­nhã pa­ra do­min­go, quan­do as po­pu­la­ções de 10 Es­ta­dos e do Dis­tri­to Fe­de­ral de­ve­rão adi­an­tar os seus re­ló­gi­os em uma ho­ra.

A me­di­da vai du­rar até à 0h do dia 19 de fe­ve­rei­ro do ano que vem, quan­do os pon­tei­ros se­rão atra­sa­dos em uma ho­ra. Nes­se dia, tam­bém um do­min­go, ha­ve­rá “du­as mei­as-noi­tes”.

O ho­rá­rio de ve­rão se­rá apli­ca­do em to­das as uni­da­des fe­de­ra­ti­vas das re­giões Cen­tro-Oes­te (Dis­tri­to Fe­de­ral, Goiás, Ma­to Gros­so, Ma­to Gros­so do Sul), Su­des­te (Es­pí­ri­to San­to, Mi­nas Ge­rais, Rio de Ja­nei­ro e São Paulo) e Sul (Pa­ra­ná, Rio Gran­de do Sul e San­ta Ca­ta­ri­na).

Ado­ta­da no país des­de o iní­cio da dé­ca­da de 1930, a me­di­da tem por ob­je­ti­vo pro­por­ci­o­nar eco­no­mia de ener­gia a par­tir do mai­or apro­vei­ta­men­to da luz na­tu­ral, so­bre­tu­do no ho­rá­rio de pi­co, en­tre 18h e 21h.

O sal­to de uma ho­ra no tem­po evi­ta o uso de ter­me­lé­tri­cas, o que re­duz o cus­to da ge­ra­ção de ele­tri­ci­da­de. A ex­pec­ta­ti­va do Mi­nis­té­rio de Mi­nas e Ener­gia é de eco­no­mi­zar R$ 147,5 mi­lhões. Na tem­po­ra­da 2015/2016, a eco­no­mia foi de R$ 162 mi­lhões.

Além da re­du­ção dos in­ves­ti­men­tos no sis­te­ma, o ho­rá­rio de ve­rão au­men­ta a se­gu­ran­ça ope­ra­ci­o­nal por­que di­mi­nui os car­re­ga­men­tos na re­de de trans­mis­são.

Se­gun­do o go­ver­no fe­de­ral, nos úl­ti­mos dez anos, a me­di­da tem pos­si­bi­li­ta­do re­du­ção mé­dia de 4,5% na de­man­da por ener­gia no ho­rá­rio de mai­or con­su­mo e eco­no­mia ab­so­lu­ta de 0,5%, o que equi­va­le ao con­su­mo men­sal de ener­gia de Bra­sí­lia, com 2,8 mi­lhões de ha­bi­tan­tes. ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.