Pre­ço do eta­nol dis­pa­ra e vai su­bir ain­da mais

Li­tro do com­bus­tí­vel a ba­se de ca­na-de-açú­car te­ve al­ta de até R$ 0,24 no ABC em 2 me­ses

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - CADU PROIETI

Em cres­ci­men­to de­sen­fre­a­do há seis me­ses, o pre­ço mé­dio do li­tro do eta­nol nos pos­tos do ABC re­gis­trou nes­te mês a mai­or al­ta des­de abril. Se con­si­de­ra­dos so­men­te os dois úl­ti­mos me­ses, o va­lor au­men­to até R$ 0,24 nas bom­bas, co­mo, por exem­plo, em São Bernardo.

A ci­da­de é, in­clu­si­ve, a que re­gis­tra o mai­or pre­ço do com­bus­tí­vel na re­gião atu­al­men­te: R$ 2,43, com pre­ço mí­ni­mo de R$ 2,27 e má­xi­mo de R$ 2,59. No iní­cio de agos­to, a mé­dia ven­di­da pe­los pos­tos do mu­ni­cí­pio era de R$ 2,19, ou se­ja, R$ 0,24 mais ba­ra­to há cer­ca de 60 di­as.

Se con­si­de­rar, por exem­plo, um car­ro po­pu­lar com ca­pa­ci­da­de de 54 li­tros no tan­que, era pos­sí­vel en­cher o re­ser­va­tó­rio do veí­cu­lo com R$ 118,26 na ci­da­de no iní­cio de agos­to. Ho­je, o do­no do mes­mo au­to­mó­vel pre­ci­sa­ria de R$ 131,22 pa­ra com­ple­tar o tan­que. Por­tan­to, a eco­no­mia era de R$12,96, o ne­ces­sá­rio pa­ra com­prar qua­se seis li­tros do com­bus­tí­vel há dois me­ses - o que da­ria pa­ra per­cor­rer cer­ca de 60 quilô­me­tros a mais com o car­ro po­pu­lar (con­si­de­ran­do que ele faz 10 quilô­me­tros por li­tros de eta­nol).

O se­gun­do mai­or pre­ço mé­dio do eta­nol na re­gião é de São Ca­e­ta­no (R$ 2,42). Já San­to An­dré tem o me­nor va­lor (R$ 2,32).

O pre­si­den­te do Re­gran (Sin­di­ca­to do Co­mér­cio Va­re­jis­ta de De­ri­va­dos de Pe­tró­leo do ABC), Wag­ner de Sou­za, dis­se que a ele­va­ção acon­te­ceu por­que há di­mi­nui­ção da quan­ti­da­de de ca­na de açú­car no mer­ca­do na­ci­o­nal. “O açú­car es­tá mui­to atra­ti­vo ao mer­ca­do in­ter­na­ci­o­nal e os usi­nei­ros têm se apro­vei­ta­do dis­so. Com is­so,

Se­gun­do Sou­za, a ten­dên­cia é que o eta­nol con­ti­nue a su­bir, com pre­vi­são de o pre­ço do li­tro do com­bus­tí­vel che­gar a até R$ 2,89 até o fi­nal do ano. “Pro­va­vel­men­te já vai ter um no­vo au­men­to na se­ma­na que vem.” Ga­so­li­na atra­ti­va Com a al­ta do eta­nol, a ga­so­li­na es­tá mais atra­ti­va ao con­su­mi­dor nos pos­tos do ABC. Pa­ra sa­ber qual com­bus­tí­vel é mais viá­vel, bas­ta mul­ti­pli­car o pre­ço da ga­so­li­na por 0,7. Se re­sul­ta­do for mai­or que o pre­ço do eta­nol, com­pen­sa abas­te­cer com ga­so­li­na.

| ALES­SAN­DRO VAL­LE/ABCDIGIPRESS

São Bernardo é on­de o com­bus­tí­vel é mais ca­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.