JOÃO ME­TEU O PÉ NO FREIO!

Metro Brazil (ABC) - - Foco - JO­SÉ LUIZ DATENA JOSE.DATENA @METROJORNAL.COM.BR

E ago­ra, João? Foi elei­to di­zen­do que não era po­lí­ti­co mas es­tá pa­re­cen­do. Tem o “jei­tão”, nem as­su­miu e co­me­ça a vol­tar atrás em pro­mes­sa as­su­mi­da em cam­pa­nha. Dis­se que ia vol­tar a ve­lo­ci­da­de cons­ti­tu­ci­o­nal nas mar­gi­nais de São Pau­lo. Fa­lou is­to no Bra­sil Ur­gen­te. Per­gun­tei e vo­cê res­pon­deu cla­ra­men­te em al­to e bom som. No­ven­ta e se­ten­ta. Lem­bra? Se não lem­brar co­lo­co de no­vo to­do dia até a pos­se.

Não que is­to se­ja o pon­to prin­ci­pal das ca­rên­ci­as da ci­da­de. Trans­for­mar mul­tas em ar­re­ca­da­ção com ob­je­ti­vo prin­ci­pal de ar­re­ca­dar pa­ra os co­fres que­bra­dos da pre­fei­tu­ra é so­bre­ta­xar um po­vo que não aguen­ta mais im­pos­tos, mul­tas, ou qual­quer coi­sa do gê­ne­ro. Es­te dis­cur­so de que a re­du­ção di­mi­nuiu o nú­me­ro de mor­tes nas mar­gi­nais é po­li­ti­ca­men­te cor­re­to e é fá­cil de de­fen­der. Mas evi­tar mor­te no trân­si­to co­me­ça por edu­ca­ção. Cam­pa­nhas de tran­si­to que não exis­tem e cu­ja ver­ba mi­li­o­ná­ria dos ra­da­res é co­bra­da pe­lo Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do atu­al pre­fei­to em in­ves­tir par­te de gra­na nes­tas cam­pa­nhas e ta­par bu­ra­cos da nos­sa es­bu­ra­ca­da ma­lha viá­ria que, além de que­brar veí­cu­los, pro­vo­ca aci­den­tes.

Evi­tar mul­tas pas­sa por fiscalização e po­li­ci­a­men­to da Guar­da Ci­vil Me­tro­po­li­ta­na que, com aju­da da Po­lí­cia Mi­li­tar, po­de evi­tar que pe­des­tres ar­ris­quem a atra­ves­sar os lo­cais já co­nhe­ci­dos das vi­as ex­pres­sas, co­mo tam­bém di­mi­nuir o nú­me­ro de rou­bos que ca­da vez mais acon­te­cem por ali.

O que me pre­o­cu­pa mais é o seu com­pro­mis­so com a pa­la­vra da­da ao elei­tor. Es­te é o pon­to. O que mais vo­cê po­de vol­tar atrás no que pro­me­teu? Ges­tor – co­mo vo­cê mes­mo se de­fi­ne – tem que ter co­ra­gem pa­ra ne­go­ci­ar, sim, mas não ce­der às pres­sões de qual­quer gru­po, se­ja ele de em­pre­sá­ri­os co­mo vo­cê ou de ci­clis­tas fa­zen­do ba­ru­lho na fren­te da sua mo­nu­men­tal ca­sa em São Pau­lo. Tens uma gran­de opor­tu­ni­da­de de um fu­tu­ro bri­lhan­te pa­ra se se­pa­rar da cas­ta cor­rup­ta e ine­fi­caz, com ra­rís­si­mas ex­ce­ções, que an­da por aí. Ago­ra, vol­tar atrás nas mar­gi­nais, me­ten­do o pé no freio, jo­ga fo­ra seu slo­gan lo­go de ca­ra. De “ace­le­rar”, pas­sa pa­ra uma re­du­zi­da con­fi­an­ça do fa­mo­so “de­sa­ce­le­ra São Pau­lo”.

Me aju­da aí, João!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.