Paz en­tre PCC e CV nas pri­sões aca­bou

Se­cre­tá­rio da Ad­mi­nis­tra­ção Pe­ni­ten­ciá­ria de SP pre­vê es­ca­la­da de violência en­tre facções

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

Di­an­te dos ca­sos de re­be­lião em pe­ni­ten­ciá­ri­as ocor­ri­dos no fim de se­ma­na em Rondô­nia e Ro­rai­ma, em que 18 pre­sos aca­ba­ram mor­tos, o se­cre­tá­rio da Ad­mi­nis­tra­ção Pe­ni­ten­ciá­ria de São Paulo, Lou­ri­val Go­mes, dis­se on­tem que “o cli­ma de har­mo­nia que pre­do­mi­na­va en­tre facções cri­mi­no­sas de São Paulo e do Rio aca­bou”.

A de­cla­ra­ção foi da­da ao por­tal G1. Pa­ra Go­mes, “a guerra re­co­me­çou. Ca­be a ca­da Es­ta­do, a ca­da ad­mi­nis­tra­dor, to­mar su­as pro­vi­dên­ci­as e re­sol­ver o seu pro­ble­ma den­tro do seu Es­ta­do”.

As du­as facções cri­mi­no­sas que do­mi­nam os pre­sí­di­os pau­lis­tas e flu­mi­nen­ses man­ti­nham, até en­tão, o que era con­si­de­ra­do um cli­ma de “har­mo­nia” en­tre si nos pre­sí­di­os das de­mais uni­da­des da Fe­de­ra­ção.

As re­be­liões no Nor­te do país fo­ram ava­li­a­das pe­los se­cre­tá­ri­os de Jus­ti­ça dos dois Es­ta­dos co­mo re­sul­ta­do de guerra en­tre es­ses dois gru­pos. Uzi­el Cas­tro, de Ro­rai­ma, che­gou a atri­buir o con­fron­to ocor­ri­do ali a or­dem do pau­lis­ta PCC (Pri­mei­ro Co­man­do da Ca­pi­tal).

No Rio de Ja­nei­ro, ques­ti­o­na­do so­bre o fim da tré­gua en­tre as facções, o se­cre­tá­rio de Se­gu­ran­ça, Ro­ber­to Sá, dis­se que a si­tu­a­ção é “pre­o­cu­pan­te”.

O mi­nis­tro da Jus­ti­ça, Ale­xan­dre de Moraes, ne­gou que facções cri­mi­no­sas es­te­jam or­ga­ni­zan­do ações co­or­de­na­das em pre­sí­di­os do país. “Não há, até o mo­men­to, ne­nhu­ma in­for­ma­ção de in­te­li­gên­cia nes­se sen­ti­do”, dis­se Moraes.

ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.