Pri­são au­men­ta te­mor no meio po­lí­ti­co por um acor­do de de­la­ção

Ris­co de mu­lher e fi­lha se­rem pre­sas po­de ser fa­tor pa­ra Cu­nha acei­tar fa­lar

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

O si­lên­cio vin­do do Pa­lá­cio do Pla­nal­to e a con­vul­são ge­ra­da no Con­gres­so re­tra­tam o im­pac­to da pri­são de Edu­ar­do Cu­nha no meio po­lí­ti­co.

Atrás das gra­des, Cu­nha car­re­ga a dú­vi­da so­bre fe­char um acor­do de de­la­ção pre­mi­a­da e de­la­tar fi­gu­ras im­por­tan­tes da po­lí­ti­ca. “Cau­sa es­tres­se po­lí­ti­co”, re­su­miu o lí­der do DEM, Pau­der­ney Ave­li­no (AM).

O ex-de­pu­ta­do sem­pre ado­tou o dis­cur­so de afas­tar um acor­do por­que, jus­ti­fi­ca­va, “não ti­nha o que de­la­tar”. A de­fe­sa de Cu­nha tam­bém ne­ga a pos­si­bi­li­da­de. O ris­co de a mu­lher, Cláu­dia Cruz, e a fi­lha Da­ni­el­le Cu­nha tam­bém se­rem pre­sas é apon­ta­do co­mo um in­gre­di­en­te que po­de­ria fa­zê-lo mu­dar de ideia.

No go­ver­no, a or­dem foi pa­ra que os mi­nis­tros evi­tas­sem co­men­tá­ri­os a res­pei­to da pri­são. A atu­a­ção fi­ca­rá res­tri­ta a evi­tar que o cli­ma se­ja con­ta­mi­na­do, pro­vo­can­do a pa­ra­li­sa­ção de vo­ta­ções.

Na Câ­ma­ra e no Se­na­do, o as­sun­to pre­do­mi­nou. “A pri­são era es­pe­ra­da. Tu­do tem seu tem­po. Ele usou o po­der pa­ra pres­si­o­nar”, acu­sou o pre­si­den­te do Con­se­lho de Éti­ca, Jo­sé Car­los Araú­jo (PR-BA).

“A pri­são de­mons­tra que es­tá­va­mos cer­tos em cas­sá-lo”, com­ple­tou o de­pu­ta­do Alessandro Mo­lon (Re­de-RJ).

Os aca­lo­ra­dos de­ba­tes de­ram lu­gar a tro­ca de acu­sa­ções. “Se ele fi­zer uma de­la­ção, es­se go­ver­no Te­mer não se sus­ten­ta por um dia”, ata­cou o se­na­dor Lind­bergh Fa­ri­as (PT-RJ).

A ba­se ali­a­da co­me­çou a en­fa­ti­zar que a pri­são de Cu­nha de­mons­tra que a La­va Ja­to não se tra­ta de uma per­se­gui­ção ao PT e a su­ge­rir que o ex-pre­si­den­te Luiz Inácio Lu­la da Sil­va po­de ser o pró­xi­mo. “Ama­nhã po­de ser Lu­la. Não é mo­ti­vo de co­me­mo­ra­ção”, ata­cou o de­pu­ta­do Al­ber­to Fra­ga (DEM-DF).

“O que ocor­re com Lu­la é uma per­se­gui­ção po­lí­ti­ca se­le­ti­va, não há ne­nhum fa­to que o co­lo­que co­mo réu”, re­ba­teu a lí­der da mi­no­ria, Jan­di­ra Fegha­li (PC­doB-RJ). Li­vro Ao ser cas­sa­do, Cu­nha anun­ci­ou que es­cre­ve­ria um li­vro com bas­ti­do­res do im­pe­a­ch­ment de Dil­ma Rous­seff. Ali­a­dos in­for­ma­ram que as pá­gi­nas nem se­quer fo­ram ras­cu­nha­das. Nos úl­ti­mos di­as, o po­lí­ti­co fa­zia uma pon­te-aé­rea en­tre Rio de Ja­nei­ro e Bra­sí­lia, e di­a­lo­ga­va com par­la­men­ta­res.

ME­TRO BRA­SÍ­LIA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.