STJD ne­ga pe­di­do de anu­la­ção do Fla-Flu

Ação fei­ta pe­lo Flu­mi­nen­se foi ar­qui­va­da pe­lo Tri­bu­nal e Fla­men­go vol­ta a ter 60 pon­tos

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

O STJD ar­qui­vou on­tem o pe­di­do do Flu­mi­nen­se pe­la anu­la­ção do clás­si­co com o Fla­men­go e, as­sim, a CBF de­vol­ve­rá os três pon­tos da vi­tó­ria por 2 a 1 do ru­bro-ne­gro, le­van­do-o aos 60 pon­tos e qua­tro a me­nos do que o lí­der Pal­mei­ras.

O tri­bu­nal con­si­de­rou não exis­tir fun­da­men­ta­ção ne­ces­sá­ria pa­ra le­var o ca­so adi­an­te. O ca­so não ca­be re­cur­so. En­ten­da o ca­so O Flu­mi­nen­se per­dia o clás­si­co por 2 a 1 quan­do o za­guei­ro Hen­ri­que, em po­si­ção de im­pe­di­men­to, mar­cou de ca­be­ça. O ár­bi­tro San­dro Mei­ra Ric­ci e o au­xi­li­ar Emer­son Au­gus­to de Car­va­lho anu­la­ram na ho­ra o gol. Após re­cla­ma­ção dos tri­co­lo­res, vol­ta­ram atrás. Po­rém, Ric­ci anu­lou de vez o gol após con­fu­são de 13 mi­nu­tos. O Flu ale­ga que ima­gens de TV mos­tram o ins­pe­tor de ar­bi­tra­gem da par­ti­da, Sér­gio San­tos, que tam­bém in­va­diu o gra­ma­do, e te­ria di­to ao ár­bi­tro: “A TV sa­be que não foi gol”. Vol­ta pra ca­sa A tor­ci­da ru­bro-ne­gra do Rio de Ja­nei­ro já tem ou­tro mo­ti­vo pa­ra co­me­mo­rar, em en­con­tro mar­ca­do com o sa­gra­do pal­co do fu­te­bol bra­si­lei­ro: o Ma­ra­ca­nã es­tá li­be­ra­do pa­ra re­ce­ber o clás­si­co na­ci­o­nal en­tre Fla­men­go e Co­rinthi­ans, às 17h, no do­min­go. A car­ga to­tal de in­gres­sos à ven­da, 54.424, foi co­mer­ci­a­li­za­da on­tem mes­mo.

A úl­ti­ma par­ti­da ru­bro-ne­gra no es­tá­dio, que faz par­te da his­tó­ria do clu­be, foi na 38a ro­da­da do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro do ano pas­sa­do. Der­ro­ta por 2 a 1 pa­ra o Pal­mei­ras, no dia 6 de de­zem­bro.

O Ma­ra­ca­nã es­tá sob res­pon­sa­bi­li­da­de do Co­mi­tê Or­ga­ni­za­dor dos Jo­gos Olím­pi­cos até o dia 30, quan­do re­tor­na pa­ra o Es­ta­do e a con­ces­si­o­ná­ria que ad­mi­nis­tra o lo­cal. Po­rém, há um pro­ces­so de en­cer­ra­men­to de des­qui­te.

A con­ces­si­o­ná­ria in­for­mou que vai en­trar com um pe­di­do de ar­bi­tra­gem pa­ra que a Fun­da­ção Ge­tú­lio Var­gas de­fi­na o rom­pi­men­to do con­tra­to de con­ces­são. As­sim, Fla­men­go e Flu­mi­nen­se pas­sam a ope­rar os pró­pri­os jo­gos en­quan­to não há uma no­va li­ci­ta­ção. Res­sa­ca co­rin­ti­a­na O Co­rinthi­ans pre­ci­sa se re­or­ga­ni­zar e jun­tar os ca­cos após a der­ro­ta de 4 a 2 pa­ra o Cru­zei­ro e eli­mi­na­ção da Co­pa do Bra­sil, mas ape­sar de tu­do, o téc­ni­co Oswal­do de Oli­vei­ra es­tá blin­da­do pe­la di­re­to­ria. “Não dá pa­ra fa­zer ava­li­a­ção de trei­na­dor, ele es­tá há di­as no tra­ba­lho. Es­tá man­ten­do o que o Fá­bio Ca­ril­le vi­nha fa­zen­do e, ago­ra, com se­ma­nas de tra­ba­lho, vai po­der apli­car o que quer. Que se­ja­mos nós co­bra­dos (pe­la tor­ci­da): eu, o pre­si­den­te e os atle­tas”, dis­se Ales­san­dro Nu­nes, ge­ren­te de fu­te­bol.

Em sé­ti­mo no Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro, com 48 pon­tos, o fo­co ago­ra é ter­mi­nar a com­pe­ti­ção no G-6 e ga­ran­tir uma va­ga na Li­ber­ta­do­res de 2017.

ME­TRO

| CEL­SO PU­PO /FOTOARENA/FOLHAPRESS - 06/12/2015

Es­tá­dio fi­cou va­zio no úl­ti­mo jo­go do Fla

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.