Olhar de Sar­tre pa­ra po­lí­ti­ca bra­si­lei­ra ga­nha pu­bli­ca­ção

Metro Brazil (ABC) - - Cultura -

O olhar do fi­ló­so­fo fran­cês Je­an-Paul Sar­tre (1905-1980) se con­cen­trou em vá­ri­as fren­tes. As es­tru­tu­ras go­ver­na­men­tais, a exis­tên­cia hu­ma­na e a de­si­gual­da­de so­ci­al es­tão en­tre os as­sun­tos mais abor­da­dos pe­lo es­cri­tor. O la­do pou­co co­nhe­ci­do da obra do au­tor é sua de­di­ca­ção ao ce­ná­rio po­lí­ti­co bra­si­lei­ro.

O es­for­ço é ana­li­sa­do no li­vro “Sar­tre – Di­rei­to e Po­lí­ti­ca”, de Sil­vio Luiz de Al­mei­da. “A obra de Sar­tre é atu­a­lís­si­ma, pois nos co­lo­ca di­an­te da res­pon­sa­bi­li­da­de po­lí­ti­ca que te­mos pe­las nos­sas ações e nos lem­bra que o mundo é um pro­je­to ina­ca­ba­do que es­tá em dis­pu­ta”, ex­pli­ca o dou­tor em Fi­lo­so­fia e Te­o­ria Ge­ral do Di­rei­to pe­la USP.

O tra­ba­lho evo­ca um ar­ti­go es­cri­to pe­lo fran­cês na dé­ca­da de 1970 em que ele se de­bru­ça nos mo­ti­vos que cul­mi­na­ram no gol­pe de Estado bra­si­lei­ro, em 1964. O pen­sa­men­to do es­cri­tor con­ti­nua am­pli­an­do ho­ri­zon­tes.

“Nos úl­ti­mos anos, cri­ou-se um dis­cur­so de que a his­tó­ria es­ta­va aca­ba­da, que não há al­ter­na­ti­vas ao mo­do com que a eco­no­mia e po­lí­ti­ca se en­con­tram. A crise que vi­ve­mos ho­je mos­tra-nos que não, que a his­tó­ria con­ti­nua e que há um cam­po aberto pa­ra trans­for­ma­ções so­ci­ais e pa­ra a ação po­lí­ti­ca”, con­clui Al­mei­da.

| DI­VUL­GA­ÇÃO

Si­mo­ne de Be­au­voir e Sar­tre du­ran­te vi­si­ta à Chi­na, no ano de 1955

“SAR­TRE – DI­REI­TO E PO­LÍ­TI­CA” SIL­VIO LUIZ DE AL­MEI­DA ED.BOITEMPO 224 PÁGS. R$ 57

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.