Te­sou­ro Di­re­to pa­ga mais, sem ‘in­ter­me­diá­ri­os’

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

Den­tro das op­ções de ren­da fi­xa, a que ofe­re­ce me­lhor ren­di­men­to é o Te­sou­ro Di­re­to. Se a Se­lic é de 14%, o in­ves­ti­men­to vai ren­der 14% – mui­to aci­ma de qual­quer fun­do de qual­quer ban­co. É que ao in­ves­tir no Te­sou­ro Di­re­to, a pes­soa com­pra tí­tu­los di­re­ta­men­te do go­ver­no (daí o no­me) – em vez de dei­xar pa­ra o ban­co com­prar os tí­tu­los e de­pois ven­der co­mo co­tas de um fun­do de seu por­ti­fó­lio. Ou se­ja, sem o ban­co co­mo “in­ter­me­diá­rio” da ope­ra­ção, o ren­di­men­to fi­ca mui­to mais in­te­res­san­te. Pa­ra mais in­for­ma­ções, aces­sar http://www.te­sou­ro. fa­zen­da.gov.br/.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.