Alu­no de 16 anos é acha­do mor­to em es­co­la ocu­pa­da

Es­tu­dan­te te­ria usa­do dro­ga com co­le­ga, de­pois se de­sen­ten­di­do com ele, que o es­fa­que­ou

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - BRUNNO BRUGNOLO

Ado­les­cen­te de 16 anos foi mor­to a fa­ca­das por co­le­ga on­tem à tar­de no Colégio Es­ta­du­al San­ta Fe­li­ci­da­de, em Curitiba. A es­co­la é uma das 850 ocu­pa­das pe­lo mo­vi­men­to Ocu­pa Pa­ra­ná, de es­tu­dan­tes se­cun­da­ris­tas em pro­tes­to con­tra a re­for­ma do en­si­no mé­dio do go­ver­no Te­mer.

Se­gun­do a se­cre­tá­rio de Se­gu­ran­ça, Wag­ner Mes­qui­ta, o jo­vem foi mor­to por ami­go de 17 anos, que tam­bém par­ti­ci­pa­va da ocu­pa­ção. Eles te­ri­am di­vi­di­do uma ‘ba­la’ (ecs­tasy) e fi­ca­ram al­te­ra­dos. No alo­ja­men­to, os dois te­ri­am se de­sen­ten­di­do. A ví­ti­ma par­tiu pa­ra ci­ma e o au­tor do cri­me se de­fen­deu com uma fa­ca de co­zi­nha, com a qual es­fa­que­ou pes­co­ço e tó­rax do co­le­ga, que mor­reu no lo­cal.

De acor­do com Mes­qui­ta, o ado­les­cen­te foi vis­to pu­lan­do o mu­ro após o cri­me. En­con­tra­do em ca­sa pe­la po­lí­cia, foi le­va­do pa­ra a de­le­ga­cia, on­de foi apre­en­di­do.

Em no­ta, o mo­vi­men­to con­tra­ri­ou a po­lí­cia e dis­se que a ví­ti­ma não par­ti­ci­pa­va da ocu­pa­ção. “Ape­sar das di­ver­sas cor­ren­tes de ódio que to­ma­ram con­ta do Es­ta­do no dia de ho­je, nós do mo­vi­men­to Ocu­pa Pa­ra­ná não que­re­mos nem va­mos cul­pa­bi­li­zar nin­guém pe­lo acon­te­ci­do. Nes­te mo­men­to que­re­mos ape­nas pres­tar so­li­da­ri­e­da­de à fa­mí­lia, que per­de um dos seus pa­ra o ódio, pa­ra a in­to­le­rân­cia e pa­ra a vi­o­lên­cia”. O gru­po con­vo­cou atos em so­li­da­ri­e­da­de à fa­mí­lia.

A APP-Sin­di­ca­to, que re­pre­sen­ta os tra­ba­lha­do­res em edu­ca­ção das es­co­las pú­bli­cas, la­men­tou o fa­to e as crí­ti­cas às ocupações. “In­fe­liz­men­te nes­te mo­men­to tris­te sur­gem ten­ta­ti­vas de cri­mi­na­li­za­ção do mo­vi­men­to le­gí­ti­mo dos es­tu­dan­tes e vin­cu­la­ção do sin­di­ca­to ao epi­só­dio”. Pas­sou do li­mi­te Em no­ta, o go­ver­na­dor Be­to Ri­cha (PSDB) de­cla­rou que a mor­te foi “uma tra­gé­dia cho­can­te, que me­re­ce uma pro­fun­da re­fle­xão de to­da a so­ci­e­da­de”, mas tam­bém cri­ti­cou.

Pa­ra Ri­cha, o fa­to foi “ain­da mais gra­vís­si­mo e la­men­tá­vel, por­que acon­te­ceu no in­te­ri­or de uma es­co­la ocu­pa­da, que de­ve­ria es­tar cum­prin­do a sua mis­são de ir­ra­di­ar a luz do co­nhe­ci­men­to e a for­ma­ção da ci­da­da­nia”.

“A ocu­pa­ção de es­co­las no Pa­ra­ná ul­tra­pas­sou os li­mi­tes do bom sen­so e não en­con­tra am­pa­ro na ra­zão, pois o diá­lo­go so­bre a re­for­ma do en­si­no mé­dio es­tá aber­to”, com­ple­tou o go­ver­na­dor.

| RO­DRI­GO FÉ­LIX LE­AL

Cri­me ocor­reu por vol­ta das 15h30 e pro­vo­cou mo­vi­men­ta­ção na en­tra­da da uni­da­de

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.