DI­O­GO NOGUEIRA

Em tur­nê do dis­co ‘Al­ma Bra­si­lei­ra’, can­tor fa­la so­bre re­fe­rên­ci­as mu­si­cais e a co­le­ção de vi­nis que o aju­dou a se achar no tra­ba­lho

Metro Brazil (ABC) - - Cultura -

Uma le­são no jo­e­lho in­ter­rom­peu a car­rei­ra de jo­ga­dor de fu­te­bol de Di­o­go Nogueira, que se­guiu os pas­sos do pai, João. Aos 35 anos, ele apre­sen­ta o pro­gra­ma “Sam­ba na Gam­boa”, na TV Bra­sil, e es­tá vi­a­jan­do o país pa­ra di­vul­gar seu no­vo tra­ba­lho, “Al­ma Bra­si­lei­ra” (Uni­ver­sal, R$ 24).

O que es­pe­ra des­te dis­co? To­do dia co­me­ça­mos no­va­men­te, nas­ce­mos ou­tra vez. Es­sa é a ló­gi­ca, vi­ver ca­da dia com de­ter­mi­na­ção, mas sem pen­sar nas re­com­pen­sas. Se o pla­car for po­si­ti­vo, bom. Mas se não for, eu te­rei a cer­te­za de que fiz o que po­dia.

E o que trou­xe de no­vo? Sem­pre car­re­go uma re­ve­rên­cia a nos­sas raí­zes. Es­se lan­ça­men­to tem mui­to dis­so, co­lo­co meu la­do in­tér­pre­te à dis­po­si­ção de gran­des mes­tres do sam­ba e tam­bém da MPB; gos­to da mis­tu­ra que tra­duz o tí­tu­lo “Al­ma Bra­si­lei­ra”. Sou mais um bra­si­lei­ro que acre­di­ta na nos­sa mú­si­ca. O sam­ba es­tá fa­zen­do 100 anos e me co­mo­vo com o fa­to de fa­zer par­te dis­so. Agra­de­ço por fa­zer o que amo.

Vo­cê in­ter­pre­ta no­mes co­mo Dja­van, Mil­ton Nas­ci­men­to e seu pai. São su­as prin­ci­pais re­fe­rên­ci­as? Sim, te­nho uma co­le­ção de dis­cos que mis­tu­ram coi­sas que com­prei com coi­sas dos meus pais. Fo­ram tar­des ou­vin­do os ve­lhos vi­nis que me aju­da­ram a me lo­ca­li­zar no tem­po e no es­pa­ço. Mil­ton, Dja­van, Gon­za­gui­nha, Ca­zu­za e Ze­ca Pa­go­di­nho são al­guns dos ti­jo­los des­sa cons­tru­ção. Meu la­do in­tér­pre­te é ain­da um me­ni­no de 10 anos, te­nho mui­to a cres­cer co­mo ar­tis­ta.

DI­VUL­GA­ÇÃO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.