Pro­mes­sa de tsu­na­mi

San­tos re­ce­be lí­der Pal­mei­ras na Vi­la pa­ra se for­ta­le­cer na bri­ga pe­la Li­ber­ta­do­res. Ver­dão só pen­sa no tí­tu­lo

Metro Brazil (ABC) - - Esporte -

A pre­vi­são do tem­po pa­ra a ci­da­de de San­tos pa­ra às 19h30 de ama­nhã mos­tra que há pos­si­bi­li­da­de de ga­roa, tem­po nu­bla­do, e tem­pe­ra­tu­ra va­ri­an­do en­tre 13º e 21ºC. Mas, no gra­ma­do da Vi­la Bel­mi­ro, a tem­pe­ra­tu­ra de­ve ser mui­to mais al­ta. San­tos e Pal­mei­ras co­lo­ca­rão for­ça má­xi­ma em cam­po, ca­da um com seus ob­je­ti­vos no iní­cio da 33ª ro­da­da do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro.

Na 4ª co­lo­ca­ção com 58 pon­tos, os do­nos da ca­sa lu­tam nes­se mo­men­to pa­ra en­trar no pri­mei­ro pe­lo­tão, en­tre os três pri­mei­ros, que le­va di­re­ta­men­te pa­ra a fa­se de gru­pos da Li­ber­ta­do­res do ano que vem. Do 4º ao 6º lu­gar, as equi­pes vão pa­ra a fa­se pre­li­mi­nar. O Atlé­ti­co-MG, 3º co­lo­ca­do, tem ape­nas um pon­to a mais do que o al­vi­ne­gro.

Pa­ra a ba­ta­lha, o téc­ni­co Do­ri­val Jú­ni­or ga­nhou um re­for­ço im­por­tan­te: Ri­car­do Oli­vei­ra. Re­cu­pe­ra­do de do­res na co­xa di­rei­ta sen­ti­das no úl­ti­mo jo­go, con­tra a Cha­pe­co­en­se, o ca­mi­sa 9 es­tá con­fir­ma­do pa­ra o jo­go.

Mas o cen­tro­a­van­te não en­con­tra­rá seu ad­ver­sá­rio par­ti­cu­lar Fer­nan­do Prass, go­lei­ro do Ver­dão, que se re­cu­pe­ra de le­são. O téc­ni­co Cu­ca tam­bém não po­de­rá con­tar com seu re­ser­va ime­di­a­to Jail­son, que tem se des­ta­ca­do nos úl­ti­mos jo­gos. Es­sa é a prin­ci­pal dú­vi­da do co­man­dan­te al­vi­ver­de: Vag­ner, que fa­lhou nas su­as úl­ti­mas opor­tu­ni­da­des, ou Vinicius Sil­ves­tre, da ba­se do clu­be.

Com ou sem Prass, a ri­va­li­da­de es­ta­rá em ação, ain­da resquí­cio do ano pas­sa­do, qu­an­do as du­as equi­pes dis­pu­ta­ram as fi­nais do Pau­lis­tão (ven­ci­da pe­lo Pei­xe) e da Co­pa do Bra­sil (conquistada pe­lo Pal­mei­ras).

E es­sa é uma mo­ti­va­ção ex­tra aos anfitriões: atra­pa­lhar a vi­da al­vi­ver­de no Bra­si­lei­rão. Is­so por­que o ti­me en­tra com enor­me van­ta­gem na pon­ta da ta­be­la. O Ver­dão tem 67 pon­tos, seis a mais do que o Fla­men­go, 2º co­lo­ca­do.

Há a fa­vor do Pei­xe o je­jum que o ri­val en­fren­ta na Vi­la Bel­mi­ro: são 10 jo­gos ou cin­co anos. A úl­ti­ma vez que o Ver­dão saiu vi­to­ri­o­so da Bai­xa­da foi em 2011, qu­an­do ven­ceu por 1 a 0, com gol de Kle­ber. Des­de en­tão, fo­ram oi­to vi­tó­ri­as do San­tos e dois empates.

Por ou­tro la­do, foi lá mes­mo na Vi­la Bel­mi­ro, em abril des­te ano, lo­go após ser eli­mi­na­do pe­los pró­pri­os san­tis­tas do Cam­pe­o­na­to Pau­lis­ta, que Cu­ca fez sua profecia pa­ra a tem­po­ra­da: “Va­mos ser cam­peões bra­si­lei­ros, va­mos bri­gar no cam­po e fa­zer tu­do cer­to até o fi­nal.” Ain­da não ga­nhou, mas es­tá pró­xi­mo. E, pa­ra os mais su­pers­ti­ci­o­sos, co­mo é o ca­so do téc­ni­co pal­mei­ren­se, is­so é in­dí­cio de ma­ré fa­vo­rá­vel.

Ri­car­do Oli­vei­ra es­tá re­cu­pe­ra­do e jo­ga

MARIVALDO OLI­VEI­RA/CÓDIGO19/FO­LHA­PRESS

Ga­bri­el Je­sus fi­ca até o fim do ano no Ver­dão

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.