Alck­min sai for­te e mi­ra a pre­si­dên­cia

PSDB e par­ti­dos ali­a­dos der­ru­bam o PT e irão ad­mi­nis­trar qua­se to­das as 20 mai­o­res ci­da­des do Es­ta­do. Go­ver­na­dor ga­nha po­der pa­ra fa­zer su­ces­sor e dis­pu­tar elei­ções pre­si­den­ci­ais

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

O go­ver­na­dor Ge­ral­do Alck­min (PSDB) sai for­ta­le­ci­do des­sas elei­ções mu­ni­ci­pais. Além de ‘to­mar’ a ca­pi­tal das mãos do PT e ‘fa­zer’ o seu afi­lha­do po­lí­ti­co João Do­ria (PSDB) o pri­mei­ro pre­fei­to elei­to de São Pau­lo em pri­mei­ro tur­no, o go­ver­na­dor ve­rá o seu par­ti­do e ali­a­dos ad­mi­nis­tra­rem qua­se to­das as 20 mai­o­res ci­da­des do Es­ta­do.

Só o PSDB ele­geu pre­fei­to em 10 ci­da­des (São Pau­lo, São Ber­nar­do, San­to An­dré, São Jo­sé dos Cam­pos, Ri­bei­rão Pre­to, San­tos, Mo­gi das Cru­zes, Jun­di­aí, Pi­ra­ci­ca­ba e Ita­qua­que­ce­tu­ba). O PSB, par­ti­do do vi­ce-go­ver­na­dor, Mar­cio Fran­ça, fez três (Cam­pi­nas, Gu­a­ru­lhos e Mauá).

Can­di­da­tos apoi­a­dos por Alck­min ain­da ven­ce­ram pe­lo PSD (Bau­ru), PTN (Osas­co) DEM (So­ro­ca­ba), PV (Di­a­de­ma) e PMDB (São Vi­cen­te). Pa­ra com­ple­tar as 20 mai­o­res, res­ta Ca­ra­pi­cuí­ba, on­de o can­di­da­to tu­ca­no foi der­ro­ta­do e o PV saiu vi­to­ri­o­so, e São Jo­sé do Rio Pre­to, on­de ven­ceu o PMDB, sem apoio de­cla­ra­do do go­ver­na­dor.

Si­gla mais re­jei­ta­da des­sas elei­ções em to­do o país, o PT não ven­ceu em ne­nhu­ma das 20 mai­o­res ci­da­des do Es­ta­do e dei­xa­rá de ad­mi­nis­trar se­te de­las – sen­do que em qua­tro pas­sa­rá a fai­xa pa­ra o PSDB. Em ou- tras du­as, pas­sa­rá o car­go ao PSB e em uma, da­rá lu­gar ao PV.

O re­vés do PT em São Pau­lo tam­bém des­faz o cha­ma­do ‘cin­tu­rão ver­me­lho’, que reu­niu pre­fei­tu­ras pe­tis­tas ao re­dor da ca­pi­tal.

Das 39 ci­da­des da re­gião me­tro­po­li­ta­na, o par­ti­do ti­nha no­ve e en­tra­rá em 2017 com ape­nas uma (Fran­co da Ro­cha). Já o PSDB pas­sa­rá de 8 pa­ra 11 mu­ni­cí­pi­os. Fu­tu­ro em 2018 A ‘vi­tó­ria’ en­tre as gran­des ci­da­des de São Pau­lo dá po­der de in­fluên­cia pa­ra Alck­min en­tre os pre­fei­tos que con­tro­lam os mai­o­res Or­ça­men­tos e que con­cen­tram as mai­o­res po­pu­la­ções. Nes­te ce­ná­rio, o go­ver­na­dor ga­nha du­pla van­ta­gem. No pla­no lo­cal, re­for­ça seu po­der en­tre os pau­lis­tas pa­ra fa­zer o seu su­ces­sor. No pla­no na­ci­o­nal, se cre­den­cia co­mo um no­me for­te pa­ra dis­pu­tar as elei­ções pre­si­den­ci­ais. ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.