DA­VID GUETTA

DJ que to­ca ho­je em São Pau­lo fa­la so­bre a car­rei­ra de su­ces­so, as di­fi­cul­da­des do iní­cio e a vi­be da mú­si­ca ele­trô­ni­ca

Metro Brazil (ABC) - - Cultura -

Com mais de 10 mi­lhões de ál­buns ven­di­dos, o fran­cês Da­vid Guetta é, sem dú­vi­da, um dos DJs mais acla­ma­dos da atu­a­li­da­de e to­ca ho­je, às 22h, no Es­pa­ço das Amé­ri­cas (r. Ta­gi­pu­ru, 795, Bar­ra Fun­da, de R$ 340 a R$ 700). Vo­cê é con­si­de­ra­do o me­lhor DJ do mun­do. Qual é a cha­ve pa­ra o su­ces­so? Não há só uma. Exis­te uma com­bi­na­ção de ter gran­des gra­va­ções chei­as de ener­gia e emo­ção e, ao mes­mo tem­po, o que vo­cê cria sen­do um DJ e o ti­po de som que pro­duz. O im­por­tan­te é cur­tir? Sim! Pa­ra o DJ o mais im­por­tan­te é fa­zer o pú­bli­co dan­çar e sen­tir a vi­be. E cla­ro, ele tam­bém apro­vei­ta mui­to. Foi as­sim des­de o iní­cio? Não. Quan­do co­me­cei não ha­via di­nhei­ro ou fa­ma nes­sa área, en­tão pre­ci­sei me sa­cri­fi­car bas­tan­te pa­ra con­se­guir fa­zer al­go que cur­tia e ti­ve sor­te que tu­do deu cer­to. Quan­do vo­cê se ar­ris­ca, pre­ci­sa dar seu 100%. Vo­cê só ou­ve ele­trô­ni­co? Amo to­dos os ti­pos de mú­si­ca, mas sou apai­xo­na­do pe­lo ba­lan­ço da mú­si­ca ele­trô­ni­ca.

ME­TRO IN­TER­NA­CI­O­NAL

EL­LEN VON UNWERTH

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.