Com 3 ve­zes mais alu­nos, UFABC te­rá ver­ba de 2010

Con­ta­do mo­e­das. Cor­te pre­vis­to pe­lo go­ver­na­do fe­de­ral pa­ra 2017 dei­xa uni­ver­si­da­de com or­ça­men­to pa­re­ci­do ao li­be­ra­do há seis anos. Que­da no in­ves­ti­men­to se­rá de 23,3% em re­la­ção a es­te ano. Rei­to­ria bus­ca aju­da par­la­men­tar e diz que irá con­ge­lar obras e

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - VA­NES­SA SELICANI

O cor­te re­a­li­za­do pe­lo go­ver­no fe­de­ral na ver­ba des­ti­na­da à UFABC (Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral do ABC) pa­ra 2017 faz a ins­ti­tui­ção vol­tar aos pa­ta­ma­res fi­nan­cei­ros de 2010, quan­do a fe­de­ral ti­nha três ve­zes me­nos alu­nos.

De acor­do com a Lei Or­ça­men­tá­ria pa­ra o pró­xi­mo ano, que de­ve ser vo­ta­da pe­lo Con­gres­so até de­zem­bro, a UFABC vai con­tar com R$ 27,9 mi­lhões pa­ra in­ves­ti­men­to e R$ 38,3 mi­lhões pa­ra cus­teio. Em 2016, os va­lo­res fo­ram de R$ 36,4 mi­lhões e R$ 47,8 mi­lhões, res­pec­ti­va­men­te - que­da de 23,3% e 19,8%.

Em 2010, a uni­ver­si­da­de con­ta­va com va­lo­res se­me­lhan­tes: de R$ 31 mi­lhões em in­ves­ti­men­to e R$ 40 mi­lhões em cus­teio. Na épo­ca, a UFABC con­ta­va com 4.184 es­tu­dan­tes na gra­du­a­ção. A mes­ma ver­ba te­rá de cus­te­ar em 2017 13.456 alu­nos.

O cor­te no or­ça­men­to é con­si­de­ra­do pre­o­cu­pan­te pa­ra a rei­to­ria, que tem ar­ti­cu­la­do ver­ba de emen­da par­la­men­tar em Bra­sí­lia.

O pró-rei­tor de Pla­ne­ja­men­to e De­sen­vol­vi­men­to Ins­ti­tu­ci­o­nal, Vitor Mar­chet­ti, afir­ma que a ins­ti­tui­ção es­pe­ra­va a ma­nu­ten­ção dos va­lo­res, já que en­tre 2015 e 2016 a ver­ba tam­bém te­ve cor­te. “A re­du­ção no cus­teio im­pac­ta mui­to na ma­nu­ten­ção, que in­clui des­de as bol­sas até os ter­cei­ri­za­dos. Além do au­men­to de alu­nos, há um ou­tro de­sa­fio que é a inflação ele­va­da e o im­pac­to dis­so no re­a­jus­te dos ser­vi­ços. A ver­ba foi re­du­zi­da, mas os cus­tos e a uni­ver­si­da­de cres­ce­ram.”

Mar­chet­ti diz que a pri­o­ri­da­de é ga­ran­tir os au­xí­li­os aos es­tu­dan­tes, mas con­ge­lar os va­lo­res. “Num pri­mei­ro mo­men­to, va­mos ten­tar pre­ser­var (as bol­sas). Mas is­so exi­ge es­for­ço de re­du­ção de cus­teio nos ser­vi­ços ter­cei­ri­za­dos”, dis­se. Hoje, são con­ce­di­dos 1.446 be­ne­fí­ci­os, sen­do o de per­ma­nên­cia (aju­da de cus­to pa­ra alu­nos de bai­xa ren­da) o mai­or de­les. São man­ti­dos 409 ser­vi­do­res ter­cei­ri­za­dos, a mai­o­ria na lim­pe­za.

A que­da no or­ça­men­to ge­ral pa­ra as fe­de­rais foi de 15%. O Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção afir­mou que, di­fe­ren­te­men­te de ou­tros anos com cor­te durante os se­mes­tres, os va­lo­res cor­res­pon­de­rão ao re­al pla­ne­ja­do.

| TI­A­GO SILVA/AR­QUI­VO ME­TRO

Uni­ver­si­da­de que com­ple­tou 10 anos man­tém cam­pi em San­to An­dré (fo­to) e São Ber­nar­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.