STF jul­ga fu­tu­ro da ter­cei­ri­za­ção no país

Su­pre­mo ana­li­sa re­cur­so con­tra de­ci­são da Jus­ti­ça do Tra­ba­lho que pode afe­tar re­la­ções de em­pre­go

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

A po­lê­mi­ca ques­tão da ter­cei­ri­za­ção se­rá jul­ga­da hoje no STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral). Os mi­nis­tros do STF ana­li­sam um re­cur­so da Ce­ni­bra (Ce­lu­lo­se Ni­po Bra­si­lei­ra) con­tra de­ci­são da Jus­ti­ça tra­ba­lhis­ta que proi­biu a em­pre­sa de con­tra­tar ter­cei­ri­za­dos pa­ra sua ati­vi­da­de-fim.

Se­gun­do Dé­cio Frei­re, só­cio do es­cri­tó­rio que re­pre­sen­ta a Ce­ni­bra, a em­pre­sa es­tá qu­es­ti­o­nan­do a vi­o­la­ção do prin­cí­pio cons­ti­tu­ci­o­nal de nin­guém se­rá obri­ga­do a fa­zer ou dei­xar de fa­zer al­gu­ma coi­sa se­não em vir­tu­de de lei, uma vez que não exis­te uma le­gis­la­ção que proí­ba a ter­cei­ri­za­ção.

“En­ten­do que o Su­pre­mo tem con­di­ções de as­se­gu­rar o res­pei­to à Cons­ti­tui­ção, já que é o seu guar­dião, ha­ja vis­ta que não há lei que proí­ba a ter­cei­ri­za­ção”, diz Frei­re.

A de­fi­ni­ção do STF é aguar­da­da por em­pre­sas e tra­ba­lha­do­res com pro­ces­sos de ter­cei­ri­za­ção. Se o re­cur­so for apro­va­do, a de­ci­são te­rá re­per­cus­são ge­ral, ou se­ja, va­le­rá pa­ra to­das as de­mais ins­tân­ci­as da Jus­ti­ça.

Pa­ra Frei­re, a au­to­ri­za­ção da ter­cei­ri­za­ção se­rá po­si­ti­va pa­ra a mai­or ofer­ta de em­pre­go e a ga­ran­tia de di­rei­tos aos ter­cei­ri­za­dos. “Em mo­men­to de de­sem­pe­go em al­ta, se­rá uma oxi­ge­na­ção pa­ra a eco­no­mia”, afir­ma.

Já Gustavo Ra­mos, só­cio do es­cri­tó­rio Ro­ber­to Caldas, Mau­ro Me­ne­zes & Ad­vo­ga­dos, afir­ma que se o STF le­var em conta as re­gras cons­ti­tu­ci­o­nais e tra­ba­lhis­tas vi­gen­tes, a ter­cei­ri­za­ção ple­na não se­rá ad­mi­ti­da. “A im­ple­men­ta­ção in­dis­cri­mi­na­da da ter­cei­ri­za­ção fra­gi­li­za­ria ain­da mais o tra­ba­lha­dor”, diz.

Da­ni­lo Pi­e­ri Pe­rei­ra, só­cio do Ba­ral­di Mé­le­ga Ad­vo­ga­dos, por sua vez, de­fen­de que a re­gu­la­men­ta­ção da ter­cei­ri­za­ção tra­ria uma mai­or se­gu­ran­ça ju­rí­di­ca aos tra­ba­lha­do­res e às em­pre­sas. “A ter­cei­ri­za­ção re­gu­la­men­ta­da ga­ran­ti­ria a efe­ti­vi­da­de dos di­rei­tos tra­ba­lhis­tas dos em­pre­ga­dos das em­pre­sas es­pe­ci­a­li­za­das”, afir­ma.

ME­TRO

| ROSINEI COU­TI­NHO/STF

Re­la­tor do re­cur­so é o mi­nis­tro Luiz Fux

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.