Sem pen­sar nas con­tas

Com 19 pon­tos de van­ta­gem so­bre seu com­pa­nhei­ro Ha­mil­ton, Ros­berg po­de ser cam­peão do­min­go, no GP de In­ter­la­gos

Metro Brazil (ABC) - - Esporte - TÉRCIO DA­VID

“Por fa­vor, não me fa­çam per­gun­tas em in­glês. Po­dem fa­lar co­mi­go em por­tu­guês. Que­ro trei­nar meu ou­vi­do pa­ra apren­der”. Des­ta for­ma, o lí­der do Mun­di­al da Fór­mu­la 1 Ni­co Ros­berg co­me­çou sua en­tre­vis­ta co­le­ti­va on­tem, em São Pau­lo. Sim­pá­ti­co nas res­pos­tas, o ale­mão da Mer­ce­des se mos­trou con­fi­an­te na dis­pu­ta com o com­pa­nhei­ro de equi­pe Lewis Ha­mil­ton pe­lo tí­tu­lo da tem­po­ra­da, que po­de ser de­fi­ni­do do­min­go, em In­ter­la­gos, pis­ta on­de ven­ceu nos dois úl­ti­mos anos.

“É um país sen­sa­ci­o­nal, com uma pis­ta emo­ci­o­nan­te. O Bra­sil te­ve gran­des pi­lo­tos e is­to tor­na ga­nhar aqui ain­da mais es­pe­ci­al. Já ven­ci du­as ve­zes e te­nho mui­to or­gu­lho. Es­pe­ro con­se­guir a ter­cei­ra”, dis­se Ros­berg, em in­glês.

Pa­ra a cor­ri­da, o ale­mão re­ve­lou que não es­tá pla­ne­jan­do ne­nhu­ma tá­ti­ca es­pe­ci­al pa­ra ga­ran­tir o seu pri­mei­ro tí­tu­lo. “Que­ro cor­rer da me­lhor for­ma e ven­cer. Não que­ro pen­sar nas con­tas do cam­pe­o­na­to. De­pois da cor­ri­da pen­sa­rei nis­to.”

Com 19 pon­tos de van­ta­gem, fal­tan­do du­as cor­ri­das, Ros­berg nun­ca te­ve uma chan­ce tão cla­ra de con­quis­ta. Nas du­as tem­po­ra­das an­te­ri­o­res, o ale­mão che­gou ao GP do Bra­sil atrás de Ha­mil­ton na clas­si­fi­ca­ção – no ano pas­sa­do o in­glês já ha­via ga­ran­ti­do o tri, in­clu­si­ve.

A di­fe­ren­ça pa­ra 2016, se­gun­do o pi­lo­to, es­tá no seu com­por­ta­men­to fo­ra do car­ro. “Tem si­do uma boa tem­po­ra­da. Sem­pre ten­to me­lho­rar em ca­da área pa­ra ter uma gran­de re­sul­ta­do no to­do. Mi­nha fa­mí­lia aju­da, é cla­ro. A vi­da pri­va­da sem­pre tem re­la­ção com o de­sem­pe­nho na pis­ta. Ti­ve uma se­ma­na em ca­sa an­tes de vir pa­ra cá. Es­tar ca­sa­do e ter si­do pai cer­ta­men­te foi al­go po­si­ti­vo na mi­nha vi­da”, dis­se, or­gu­lho­so. Pa­ra ser cam­peão, bas­ta pa­ra Ros­berg ven­cer a cor­ri­da.

“Ten­to me con­cen­trar ape­nas nas cor­ri­das. Não fi­co pen­san­do na pon­tu­a­ção a to­do mo­men­to. Fa­ço o pos­sí­vel pa­ra ven­cer e de­pois ve­jo o que acon­te­ce”, de­cla­rou.

Ques­ti­o­na­do so­bre a pre­fe­rên­cia da tor­ci­da bra­si­lei­ra, con­si­de­ra­da por mui­tos a fa­vor de Ha­mil­ton, Ros­berg dis­se que as coi­sas não são bem as­sim. “Em mi­nhas pá­gi­nas na in­ter­net te­nho mui­tos fãs do Bra­sil e é ne­les que que­ro pen­sar quan­do es­ti­ver cor­ren­do. Se­rá um fim de se­ma­na es­pe­ci­al”.

| MAR­CEL­LO FIM/FRAMEPHOTO/FO­LHA­PRESS

Ros­berg po­de ser cam­peão no Bra­sil

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.