Publicidade au­to­má­ti­ca con­so­me 40% dos da­dos da in­ter­net mó­vel

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

Cer­ca de 40% do pa­co­te de da­dos do ce­lu­lar é gas­to com publicidade, aque­les anún­ci­os au­to­má­ti­cos que apa­re­cem nos apli­ca­ti­vos sem a so­li­ci­ta­ção do cli­en­te. A in­for­ma­ção é do Sin­diTe­le­bra­sil (Sin­di­ca­to Na­ci­o­nal das Em­pre­sas de Te­le­fo­nia e de Ser­vi­ços Mó­vel Ce­lu­lar e Pes­so­al).

“To­do anúncio que re­ce­be­mos sem so­li­ci­tar es­tá con­su­min­do os da­dos da mes­ma for­ma. O con­su­mi­dor tem que fi­car aten­to, en­ten­der que ele não so­li­ci­tou aqui­lo, mas es­tá pa­gan­do”, dis­se o pre­si­den­te-exe­cu­ti­vo da Fe­de­ra­ção Bra­si­lei­ra de Te­le­co­mu­ni­ca­ções, Edu­ar­do Levy.

Além de per­der 40% do pa­co­te de da­dos com publicidade, o cli­en­te pa­ga cer­ca 50% em im­pos­tos, ta­xas e con­tri­bui­ções. Em Rondô­nia, por exem­plo, o con­su­mi­dor pa­ga 40,65% de tri­bu­tos so­bre te­le­co­mu­ni­ca­ções. En­tão, se o cli­en­te com­pra R$ 10 em cré­di­tos, R$ 4,07 são tri­bu­tos; se ele usa a in­ter­net, do va­lor res­tan­te (R$ 5,93), R$ 2,37 é gas­to com publicidade, so­bran­do R$ 3,56 pa­ra usar com ser­vi­ços.

A car­ga de tri­bu­tos va­ria con­for­me o ICMS de ca­da Es­ta­do. Se­gun­do o es­tu­do, o Bra­sil tem a mai­or car­ga tri­bu­tá­ria en­tre 18 paí­ses pes­qui­sa­dos. ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.