Me­ga­de­la­ção da Ode­bre­cht dei­xa o Con­gres­so apa­vo­ra­do

Ho­mo­lo­ga­ção dos acor­dos de cer­ca de 70 ex-fun­ci­o­ná­ri­os da em­prei­tei­ra ace­le­ra pro­je­tos de ‘sal­va­ção’

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - MAR­CE­LO FREI­TAS ME­TRO BRA­SÍ­LIA

A re­ti­ra­da do véu so­bre a de­la­ção pre­mi­a­da da Ode­bre­cht – pre­vis­ta pa­ra ser ho­mo­lo­ga­da pe­la PGR (Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca) nos pró­xi­mos di­as – le­va­rá o Con­gres­so a se de­bru­çar na bus­ca de ‘va­ci­nas’ pa­ra mi­ni­mi­zar os efei­tos das re­ve­la­ções so­bre o meio po­lí­ti­co.

O acor­do se­rá o mai­or en­tre as 70 de­la­ções fe­cha­das pe­la for­ça-ta­re­fa da La­va Ja­to até ago­ra.

A Ode­bre­cht foi a mai­or do­a­do­ra nas elei­ções de 2014: R$ 46 mi­lhões fo­ram dis­tri­buí­dos e re­gis­tra­dos na Jus­ti­ça Elei­to­ral pa­ra abas­te­cer os co­fres de 15 par­ti­dos de diferentes ma­ti­zes do go­ver­no e da opo­si­ção.

Em fun­ção dis­so, cres­ce, nos bas­ti­do­res, a pressão pa­ra ser co­lo­ca­da em pau­ta a anis­tia do cai­xa 2 – uso de do­a­ção ile­gais em cam­pa­nhas. Um gru­po de de­pu­ta­dos ava­lia que a prá­ti­ca só po­de­rá ser ca­rim­ba­da co­mo cri­me após a no­va lei en­trar em vi­gor, sem re­tro­a­gir pa­ra quem já ti­ver ado­ta­do a prá­ti­ca.

O pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), ava­lia co­lo­car em vo­ta­ção es­ta se­ma­na o pa­co­te an­ti­cor­rup­ção, com a cri­mi­na­li­za­ção do cai­xa 2. A re­da­ção so­bre o per­dão do pas­sa­do se­rá uma de­ci­são das li­de­ran­ças par­ti­dá­ri­as.

Pa­ra for­çar a apro­va­ção, lí­de­res tra­ba­lham, in­clu­si­ve, com a pos­si­bi­li­da­de de fa­zer um acor­do que en­vol­va o apoio à re­con­du­ção de Maia à pre­si­dên­cia da Ca­sa.

Ho­je, dois pa­re­ce­res di­ver­gem so­bre o te­ma: o da Câ­ma­ra diz que é proi­bi­do, en­quan­to um do Se­na­do li­be­ra a re­con­du­ção do car­go em ca­so de man­da­to-tam­pão.

Pron­to pa­ra ser vo­ta­do, o pro­je­to so­bre no­vas re­gras pa­ra acor­dos de le­ni­ên­cia tam­bém co­lo­ca com­bus­tí­vel na re­la­ção en­tre o Con­gres­so e o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co.

Se­na­do em aler­ta

En­tre os se­na­do­res, o pre­si­den­te do Se­na­do, Re­nan Ca­lhei­ros (PMDB-AL), tem co­mo pri­o­ri­da­de, além da comissão con­tra os su­per­sa­lá­ri­os, o pro­je­to que tra­ta do abu­so de au­to­ri­da­de. A pro­pos­ta é vis­ta co­mo uma ten­ta­ti­va de fre­ar o ím­pe­to dos juí­zes e pro­cu­ra­do­res pe­la in­ves­ti­ga­ção. Pa­ra ame­ni­zar o cli­ma de em­ba­te, Re­nan con­vi­da­rá o juiz Sér­gio Mo­ro, res­pon­sá­vel pe­la La­va Ja­to, pa­ra de­ba­ter o te­ma. A vo­ta­ção do pro­je­to ain­da pre­ci­sa de acor­do.

Ain­da dor­mem nas ga­ve­tas três pro­je­tos pa­ra res­trin­gir as de­la­ções pre­mi­a­das e que, a qual­quer mo­men­to, po­dem vo­tar à pau­ta.

O go­ver­no espera que a pau­ta pa­ra­le­la não atra­pa­lhe o an­da­men­to dos pro­je­tos da agen­da econô­mi­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.