Tá che­gan­do a ho­ra...

Pal­mei­ras ven­ce Botafogo e po­de ser cam­peão na pró­xi­ma ro­da­da. Um em­pa­te já ga­ran­te o ca­ne­co

Metro Brazil (ABC) - - Esporte - WIL­SON DELL’ISOLA ME­TRO SÃO PAULO

Re­ce­bi­do mais uma vez com mui­ta fes­ta pe­la tor­ci­da, que lo­tou o Al­li­anz Par­que, o Pal­mei­ras en­trou em cam­po com a mis­são de der­ro­tar o Botafogo e se­car San­tos e Fla­men­go pa­ra le­van­tar o ca­ne­co do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro ain­da na 36º ro­da­da. E, ape­sar da vi­tó­ria por 1 a 0, o ti­me ain­da te­ve que guar­dar as co­me­mo­ra­ções.

Is­so por­que, com os re­sul­ta­dos, o Ver­dão che­gou aos 74 pon­tos e abriu 6 pa­ra o Pei­xe, que em­pa­tou com o Cru­zei­ro. O ru­bro-ne­gro tam­bém fi­cou na igual­da­de com o Co­ri­ti­ba e deu adeus à bri­ga pe­lo tí­tu­lo da com­pe­ti­ção. Ago­ra, um em­pa­te con­tra a Chapecoense na pró­xi­ma ro­da­da já ser­ve pa­ra dar ao al­vi­ver­de a con­di­ção de ene­a­cam­peão. O jo­go A “tor­ci­da que can­ta e vi­bra” can­tou e vi­brou mais do que nun­ca des­de que o jo­go co­me­çou. No mes­mo rit­mo, o ti­me acu­a­va os ca­ri­o­cas, que ten­ta­vam es­ca­par nos con­tra-ata­ques.

Mi­na, que vol­ta­va de le­são, te­ve que sair de cam­po ain­da no 1º tem­po – Thi­a­go Mar­tins en­trou. As chan­ces apa­re­ci­am, mas, quan­do a pon­ta­ria não fa­lha­va, o go­lei­ro Si­dão frus­tra­va os pal­mei­ren­ses. Que não de­sis­ti­am. Es­pe­ci­al­men­te pe­lo la­do esquerdo, com Du­du, Zé Ro­ber­to e Moi­sés, os an­fi­triões não da­vam des­can­so pa­ra os bo­ta­fo­guen­ses.

Se a tor­ci­da já gri­ta­va, foi

“So­fre­mos um pou­co, foi di­fí­cil, mas con­se­gui­mos na ba­se da von­ta­de e do co­ra­ção. Fal­ta pou­co” DU­DU, AU­TOR DO GOL PAL­MEI­REN­SE CON­TRA O BOTAFOGO

à lou­cu­ra quan­do o Cru­zei­ro fez o pri­mei­ro con­tra o Pei­xe. O gol pa­re­cia que ha­via si­do do Ver­dão. Na ver­da­de, foi.

Ao mes­mo tem­po, o Botafogo equi­li­brou o jo­go, mas, ain­da as­sim, o Pal­mei­ras ti­nha as me­lho­res chan­ces. Ga­bri­el Je­sus e Moi­sés per­de­ram opor­tu­ni­da­des óti­mas.

O 2º tem­po veio e o al­vi­ver­de não de­sa­ni­mou com o fer­ro­lho ca­ri­o­ca. Se­guiu em ci­ma, bus­can­do o gol que po­de­ria au­men­tar su­as chan­ces de gri­tar “cam­peão” on­tem. O que fi­cou mais di­fí­cil com o em­pa­te do San­tos no Mi­nei­rão. Pa­ra pi­o­rar, o Fo­gão pres­si­o­na­va e Jail­son ia sal­van­do.

O Pal­mei­ras, an­si­o­so, pas­sou a er­rar mui­tos pas­ses e ter di­fi­cul­da­de de ata­car. O Botafogo apro­vei­ta­va e as­sus­ta­va. O que po­de­ria dei­xar o pal­mei­ren­se apre­en­si­vo, a vi­ra­da do San­tos, nem aba­lou. Por­que exa­ta­men­te no mes­mo mo­men­to, aos 17, Du­du re­ce­beu de Ga­bri­el Je­sus e tes­tou pa­ra o fun­do das re­des.

Com a van­ta­gem, o ti­me se acal­mou e pas­sou a acer­tar mais as jo­ga­das, con­tro­lar o con­fron­to. Pa­rou de pas­sar sus­tos e ad­mi­nis­trou o re­sul­ta­do que co­lo­cou o ti­me ain­da mais per­to do tí­tu­lo. E fi­cou mais ain­da com o em­pa­te do Cru­zei­ro. Fal­ta pou­co!

| DANIEL VORLEY/AGIF/FOLHAPRESS

Du­du fez, de ca­be­ça, o gol que co­lo­cou o Pal­mei­ras ain­da mais per­to do seu no­no tí­tu­lo Bra­si­lei­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.