Sem Fi­del, Trump pre­o­cu­pa cu­ba­nos

Ci­da­dãos do país te­mem que apro­xi­ma­ção com os EUA di­mi­nua com o no­vo pre­si­den­te

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

A mor­te de Fi­del Cas­tro se so­mou às pre­o­cu­pa­ções dos cu­ba­nos de que o pre­si­den­te elei­to dos EUA, Do­nald Trump, fe­cha­rá a por­ta do nas­cen­te co­mér­cio e vi­a­gens.

Trump ado­tou um tom mui­to di­fe­ren­te do de Ba­rack Oba­ma, que al­can­çou um acor­do dois anos atrás com o pre­si­den­te Raúl Cas­tro, pa­ra aca­bar com meio sé­cu­lo de hos­ti­li­da­des.

Mais tar­de em sua cam­pa­nha elei­to­ral, Trump bus­cou as­se­gu­rar o vo­to cu­ba­no-ame­ri­ca­no na Fló­ri­da ao de­cla­rar es­tar fir­me em sua opo­si­ção aos Cas­tro, e pro­me­teu que, se elei­to, fe­cha­ria a re­cém-re­a­ber­ta em­bai­xa­da nor­te-ame­ri­ca­na em Ha­va­na.

Ven­ci­da a elei­ção, é di­fí­cil sa­ber qual se­rá a abor­da­gem de Trump em re­la­ção à Cu­ba. Após a mor­te de Fi­del Cas­tro, de 90 anos, Oba­ma o cha­mou de “figura sin­gu­lar”, en­quan­to Trump des­cre­veu o lí­der cu­ba­no co­mo “ditador bru­tal”.

Mui­tos cu­ba­nos acre­di­tam que po­di­am com o ca­ris­ma do úl­ti­mo lí­der e seu jei­to com as pa­la­vras fre­ar o bom­bar­deio de Trump.

“Com a mor­te do ‘El Co­man­dan­te’, eu es­tou um pou­co re­ce­o­sa do que po­de acon­te­cer por con­ta do mo­do de pen­sar e agir de Trump”, afir­mou à Reuters Ya­nei­si La­ra, co­mer­ci­an­te de 36 anos de Ha­va­na e ven­de­do­ra de flo­res.

“Ele po­de re­cu­ar e blo­que­ar tu­do que têm acon­te­ci­do, to­das as coi­sas que Oba­ma fez, e ele fez mui­to, con­se­guin­do com que os EUA che­gas­sem mais per­to de Cu­ba”, dis­se ela, ad­mi­tin­do que con­si­de­ra­ria se mu­dar pa­ra os Es­ta­dos Uni­dos.

Oba­ma se po­si­ci­o­nou con­tra as san­ções e usou de ações exe­cu­ti­vas pa­ra per­mi­tir mai­or con­ta­to e co­mér­cio. Ho­je, de­ve che­gar a Ha­va­na o pri­mei­ro voo co­mer­ci­al dos EUA em cer­ca de meio sé­cu­lo.

Trump po­de fa­cil­men­te re­ver tais me­di­das. Ele não foi cla­ro so­bre seu po­si­ci­o­na­men­to, mas in­cluiu Mau­ri­cio Cla­ver-Ca­ro­ne, um dos prin­ci­pais de­fen­so­res da ma­nu­ten­ção do em­bar­go econô­mi­co, em sua equi­pe de tran­si­ção.

Sem dar de­ta­lhes, Trump dis­se no sá­ba­do que sua ad­mi­nis­tra­ção fa­ria “tu­do o que pu­der” as­sim que ele to­mar pos­se, em 20 de ja­nei­ro, pa­ra aju­dar a au­men­tar a li­ber­da­de e a pros­pe­ri­da­de do po­vo cu­ba­no após a mor­te de Cas­tro.

“Trump é o opos­to de Oba­ma”, dis­se o ta­xis­ta de Ha­va­na Pa­blo Fernandez Mar­ti­nez, 39. “Pro­va­vel­men­te ha­ve­rá me­nos trá­fe­go de tu­ris­tas. Is­so irá afe­tar to­do mun­do em Cu­ba, e atin­gir a eco­no­mia”, dis­se o ta­xis­ta, que re­ce­be de US$100 a US$120 por se­ma­na di­ri­gin­do pa­ra es­tran­gei­ros.

ME­TRO

| JAVIER GALEANO/REUTERS

Cu­ba­nos exi­la­dos fes­te­ja­ram on­tem mor­te de Fi­del em Mi­a­mi

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.