Trump dei­xa­rá em­pre­sas pa­ra cui­dar dos EUA

Mag­na­ta elei­to pre­si­den­te es­tá sob pres­são pa­ra evi­tar a in­fluên­cia do car­go a fa­vor de seus ne­gó­ci­os particulares

Metro Brazil (ABC) - - Mundo - Leia mais no metrojornal.com.br

Sob pres­são pa­ra evi­tar qual­quer con­fli­to de in­te­res­ses, o pre­si­den­te elei­to dos Estados Uni­dos, Do­nald Trump, dis­se on­tem que irá dei­xar seus ne­gó­ci­os. “Fa­rei uma gran­de co­le­ti­va de im­pren­sa na ci­da­de de No­va York, com meus fi­lhos, em 15 de de­zem­bro, pa­ra de­ba­ter o fa­to de que vou dei­xar meu gran­de ne­gó­cio to­tal­men­te pa­ra po­der me con­cen­trar ple­na­men­te na ad­mi­nis­tra­ção do país pa­ra tor­nar a Amé­ri­ca gran­de no­va­men­te!”, dis­se o mag­na­ta.

Crí­ti­cos vêm in­da­gan­do co­mo o re­pu­bli­ca­no irá evi­tar um con­fli­to de in­te­res­se en­tre a pre­si­dên­cia e um im­pé­rio imo­bi­liá­rio de pro­pri­e­da­des es­pa­lha­das pe­lo mun­do. Trump dis­se que a lei não exi­ge que ele al­te­re seu re­la­ci­o­na­men­to com seu ne­gó­cio, mas acres­cen­tou: “Sin­to que é vi­su­al­men­te im­por­tan­te, co­mo pre­si­den­te, não ter um con­fli­to de in­te­res­se de ma­nei­ra ne­nhu­ma com meus vá­ri­os ne­gó­ci­os”.

“Sen­do as­sim, es­tão sen­do pre­pa­ra­dos do­cu­men­tos le­gais que me afas­tam com­ple­ta­men­te das ope­ra­ções de ne­gó­ci­os. A pre­si­dên­cia é de lon­ge uma ta­re­fa mais im­por­tan­te!”

Re­lu­tan­te em abrir mão de um em­pre­en­di­men­to que tor­nou seu no­me co­nhe­ci­do em to­do o mun­do, Trump che­gou a ar­gu­men­tar que não ti­nha ne­ces­si­da­de de se se­pa­rar da Trump Or­ga­ni­za­ti­on. “O es­tra­go po­lí­ti­co a uma no­va ges­tão po­de­ria ser am­plo. Se o se­nhor Trump não li­qui­dar [seus bens] , se­rá acu­sa­do de mo­ti­vo pe­cu­niá­rio em qual­quer oca­sião em que ado­te uma po­si­ção na for­mu­la­ção de po­lí­ti­cas”, pu­bli­cou em editorial o “The Wall Stre­et Jour­nal”. ME­TRO

Se­cre­tá­rio do Te­sou­ro é ex­ban­quei­ro do Gold­man Sa­chs Ste­ven Mnu­chin, 53 anos, ex-só­cio do Gold­man Sa­chs e fi­nan­ci­a­dor de Hollywo­od, foi es­co­lhi­do por Trump co­mo se­cre­tá­rio do Te­sou­ro pa­ra con­du­zir a po­lí­ti­ca econô­mi­ca de seu go­ver­no. Mnu­chin, que pas­sou 17 anos no Gold­man Sa­chs e saiu em 2002 pa­ra mon­tar um hed­ge fund, foi res­pon­sá­vel pe­las fi­nan­ças de cam­pa­nha de Trump. O investidor bi­li­o­ná­rio Wil­bur Ross, co­nhe­ci­do por seus in­ves­ti­men­tos em in­dús­tri­as em di­fi­cul­da­des, de­ve ser no­me­a­do se­cre­tá­rio do Comércio.

Na ter­ça-fei­ra, Trump jan­tou com Mitt Rom­ney, can­di­da­to pre­si­den­ci­al re­pu­bli­ca­no em 2012, em um res­tau­ran­te fran­cês de No­va York. Rom­ney o cri­ti­cou du­ra­men­te du­ran­te a cam­pa­nha pre­si­den­ci­al, mas o elo­gi­ou após o jan­tar. “Ele con­ti­nua com uma men­sa­gem de in­clu­são, de unir as pes­so­as”, dis­se o ex-go­ver­na­dor, que é co­ta­do pa­ra se­cre­tá­rio de Es­ta­do.

| REU­TERS

Trump em jan­tar com Rom­ney (al­to) e Mnu­chin: equi­pe em for­ma­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.