Bra­sil tem 35% das mo­e­das fo­ra de cir­cu­la­ção

Cer­ca de 8,7 bi­lhões de uni­da­des, que equi­va­lem a R$ 1,4 bi, es­tão em ga­ve­tas e ‘co­fri­nhos’ dos bra­si­lei­ros, se­gun­do o Ban­co Cen­tral

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

Os bra­si­lei­ros man­têm cer­ca de 35% das mo­e­das emi­ti­das des­de 1994 em “co­fri­nhos”, ga­ve­tas ou car­ros. Se­gun­do o Ban­co Cen­tral, a es­ti­ma­ti­va é que 8,7 bi­lhões de uni­da­des es­tão fo­ra de cir­cu­la­ção, o que equi­va­le a R$ 1,4 bi­lhão. Ho­je, há R$ 6,3 bi­lhões em mo­e­das no Bra­sil, ou R$ 31 por pes­soa.

Pa­ra in­cen­ti­var a cir­cu­la­ção de mo­e­das, o BC lan­çou on­tem a cam­pa­nha “Ca­ça ao Te­sou­ro”, que se­rá di­vul­ga­da por um mês a par­tir de se­tem­bro nas re­des so­ci­ais. “O en­te­sou­ra­men­to, além de con­tri­buir pa­ra a di­fi­cul­da­de de tro­co, mo­ti­va a ne­ces­si­da­de de pro­du­ção de no­vas mo­e­das, cu­jos cus­tos têm si­do cres­cen­tes. A re­cir­cu­la­ção de mo­e­das con­tri­bui pa­ra a re­du­ção do gas­to pú­bli­co”, dis­se o pre­si­den­te do Ban­co Cen­tral, Ilan Gold­fajn.

Se­gun­do Gold­fajn, o cus­to de su­pri­men­to de mo­e­das al­can­çou cer­ca de R$ 243 mi­lhões em 2016. “Co­lo­car mo­e­das pa­ra cir­cu­lar é bom pa­ra o se­tor re­al da eco­no­mia e bom pa­ra o meio am­bi­en­te. Fa­bri­car me­nos mo­e­das im­pli­ca em eco­no­mia de ener­gia e de mi­né­ri­os”, des­ta­cou.

No ano pas­sa­do, fo­ram pos­tas em cir­cu­la­ção 761 mi­lhões de uni­da­des de no­vas mo­e­das, 11% acima do to­tal dis­po­ni­bi­li­za­do em 2015. Até 31 de ju­lho de 2017, já fo­ram pos­tas em cir­cu­la­ção 434 mi­lhões de no­vas mo­e­das.

Du­ran­te o lan­ça­men­to da cam­pa­nha, Gold­fajn de­po­si­tou R$ 3,90 em mo­e­das em uma má­qui­na que emi­te um re­ci­bo pa­ra tro­car por cé­du­las no BC. O equi­pa­men­to só es­tá dis­po­ní­vel pa­ra fun­ci­o­ná­ri­os da ins­ti­tui­ção, mas a ini­ci­a­ti­va po­de­rá ser le­va­da a ou­tros ór­gãos. METRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.