COR­TE AUTORIZADO ELIMINA 3 ÁRVORES POR DIA NO ABC

Primavera co­me­ça ho­je com um triste ba­lan­ço: de ja­nei­ro a agos­to, jun­tas, San­to André, São Bernardo e São Ca­e­ta­no co­lo­ca­ram abai­xo 675 árvores por ra­zões que vão de do­en­ças a obras. Há com­pen­sa­ções, mas ci­da­des so­frem

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - VANESSA SELICANI

A primavera tem iní­cio ho­je, exa­ta­men­te às 17h02, com pro­mes­sa de co­lo­ri­das flo­ra­das de ipês e ja­ca­ran­dás. O es­pe­tá­cu­lo poderia ser ain­da mais bo­ni­to se cen­te­nas de árvores não fos­sem cor­ta­das das ru­as do ABC ro­ti­nei­ra­men­te. Le­van­ta­men­to re­a­li­za­do pe­lo Metro Jor­nal jun­to às pre­fei­tu­ras mos­tra que são au­to­ri­za­dos, em mé­dia, ao me­nos três pe­di­dos de su­pres­são das plan­tas to­dos os di­as.

Do iní­cio do ano até agos­to, saí­ram dos cen­tros ur­ba­nos 675 árvores com o aval do po­der pú­bli­co. Os cor­tes são au­to­ri­za­dos por mo­ti­vos co­mo no­vas obras, ris­co de que­da e do­en­ças na es­pé­cie.

San­to André li­de­ra em nú­me­ro de cor­tes. São 312 efe­ti­va­dos e ou­tros 164 au­to­ri­za­dos pe­la pre­fei­tu­ra nes­te ano. Mas a ci­da­de é tam­bém a que mais tem árvores. A es­ti­ma­ti­va é que exis­tam 77 mil de­las es­pa­lha­das por cal­ça­das, pra­ças, par­ques e can­tei­ros no tre­cho ur­ba­no. São Bernardo diz ter mais de 20 mil e São Ca­e­ta­no, 28 mil.

No mês pas­sa­do, o pre­fei­to Pau­li­nho Ser­ra foi ques­ti­o­na­do por in­ter­nau­tas so­bre cor­tes na ci­da­de, prin­ci­pal­men­te no en­tor­no do pré­dio dos Correios, na re­gião cen­tral. “O mo­ti­vo foi a re­for­mu­la­ção pai­sa­gís­ti­ca na área do en­tor­no do pré­dio ten­do em vis­ta o apelo his­tó­ri­co e ex­ces­so de re­cla­ma­ções de uso in­de­vi­do da área pa­ra es­con­de­ri­jo de maus fei­to­res”, ex­pli­cou o pre­fei­to em seu Fa­ce­bo­ok. Ele dis­se ain­da que al­gu­mas des­sas árvores fo­ram trans­plan­ta­das pa­ra ou­tras re­giões.

An­tes de li­be­rar a re­ti­ra­da das árvores, as pre­fei­tu­ras re­a­li­zam vis­to­ri­as e exi­gem co­mo con­tra­par­ti­da o re­plan­tio de no­vas mu­das.

São Bernardo apa­re­ce co­mo a ci­da­de que mais re­a­li­za com­pen­sa­ções. De acor­do com a pre­fei­tu­ra, fo­ram plan­ta­das ape­nas nes­te ano 10.917 no­vas mu­das de árvores em to­da a ci­da­de por meio da com­pen­sa­ção am­bi­en­tal. O Par­que Es­to­ril re­ce­beu 60 de­las. O mu­ni­cí­pio diz ain­da que re­ce­beu cer­ca de 3 mil pe­di­dos de plan­tio.

São Bernardo é a úni­ca a pos­suir um ban­co de áre­as dis­po­ní­veis pa­ra re­ce­ber com­pen­sa­ções am­bi­en­tais, que po­de ser aces­sa­do em seu si­te.

Quan­do o as­sun­to é ar­bo­ri­za­ção, São Ca­e­ta­no apa­re­ce his­to­ri­ca­men­te en­tre as ci­da­des me­nos ver­des da re­gião. De acor­do com a pre­fei­tu­ra, a quan­ti­da­de de ve­ge­ta­ção em área ur­ba­na por ha­bi­tan­te é de 2,3 me­tros qua­dra­dos. O nú­me­ro es­tá bem abai­xo de San­to André, por exem­plo, que al­can­ça 15,53 me­tros qua­dra­dos. São Bernardo não sou­be pre­ci­sar o nú­me­ro.

A OMS (Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de) re­co­men­da 12 me­tros qua­dra­dos por ha­bi­tan­te.

A Pre­fei­tu­ra de São Ca­e­ta­no dis­se es­tu­dar pa­ra es­te ano a cri­a­ção de vi­vei­ro mu­ni­ci­pal pa­ra au­men­tar a di­ver­si­da­de de es­pé­ci­es na­ti­vas plan­ta­das nas ru­as.

ALESSANDRO VALLE/ABCDIGIPRESS

Fal­sa-se­rin­guei­ra foi re­mo­vi­da da fren­te da es­ta­ção em São Ca­e­ta­no

Es­ta­ção de trem de São Ca­e­ta­no ain­da tem res­tos das fal­sas-se­rin­guei­ras re­ti­ra­das em ju­lho pe­la CPTM

| FO­TOS: ALESSANDRO VALLE/ABCDIGIPRESS

Mu­da em can­tei­ro de São Bernardo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.