Susp é ‘sal­to’ con­tra cri­me, diz mi­nis­tro

Para Jung­mann, me­di­da que trans­fe­re re­cur­sos das lo­te­ri­as para área da­rá pe­la pri­mei­ra vez ver­bas pre­vi­sí­veis ao se­tor

Metro Brazil (Belo Horizonte) - - BRASIL -

O mi­nis­tro da Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca, Raul Jung­mann, dis­se on­tem que con­si­de­ra a cri­a­ção do Susp (Sis­te­ma Úni­co de Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca) um sal­to para o com­ba­te ao cri­me or­ga­ni­za­do.

A lei que cria o sis­te­ma foi san­ci­o­na­da pelo pre­si­den­te Mi­chel Te­mer. O tex­to es­ta­be­le­ce di­re­tri­zes para a atu­a­ção con­jun­ta de di­fe­ren­tes ór­gãos mu­ni­ci­pais, es­ta­du­ais e federais.

Em en­tre­vis­ta on­tem a Jo­sé Luiz Da­te­na, na Rá­dio Ban­dei­ran­tes, Jung­mann dis­se que os es­ta­dos não têm con­di­ções de atu­a­rem so­zi­nhos. “Pe­la pri­mei­ra vez exis­te uma po­lí­ti­ca na­ci­o­nal de se­gu­ran­ça que in­te­gra to­das as es­fe­ras de po­der e vai co­lo­car jun­to as po­lí­ci­as es­ta­du­ais e federais.”

O pre­si­den­te Te­mer tam­bém as­si­nou me­di­da pro­vi­só­ria que trans­fe­re di­nhei­ro das lo­te­ri­as para a se­gu­ran­ça pú­bli­ca. Para Jung­mann, es­se é mais um mar­co his­tó­ri­co, já que o

se­tor nun­ca te­ve re­cur­sos pre­vi­sí­veis, co­mo as áre­as de edu­ca­ção e saú­de. Se­gun­do o mi­nis­tro, a pas­ta de­ve re­ce­ber R$ 4,3 bi­lhões a mais até 2022.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.