DI­RE­TO DA RÚS­SIA

Metro Brazil (Belo Horizonte) - - COPA 2018 - FER­NAN­DO VALEIKA DE BAR­ROS

FI­COU RUIM

Não es­tá fá­cil a vi­da de cam­bis­tas ou de tor­ce­do­res que de­se­jam com­prar en­tra­das no mer­ca­do ne­gro. Ile­gal, a prá­ti­ca sem­pre foi. A di­fe­ren­ça é que os con­tro­les fi­ca­ram mais rí­gi­dos: o no­me do do­no da en­tra­da es­tá impresso ne­la e, des­de a Co­pa das Con­fe­de­ra­ções, em 2017, foi cri­a­do uma es­pé­cie de RG pa­ra os tor­ce­do­res, a Fan I. D. Ser fla­gra­do com um bi­lhe­te com ou­tro no­me po­de ser con­si­de­ra­do fal­si­da­de ide­o­ló­gi­ca. E na Rús­sia não se brin­ca com is­so, ain­da mais um es­tran­gei­ro. A lei rus­sa tam­bém diz que ven­der o bi­lhe­te sem con­sen­ti­men­to da Fi­fa tam­bém é ile­gal.

TI­ME DOS LE­SI­O­NA­DOS

O zagueiro fran­cês Dji­bril Si­di­bé po­de­rá ser mais uma bai­xa pa­ra a Co­pa do Mun­do da Rús­sia. Ele te­ve uma le­são mus­cu­lar na úl­ti­ma par­ti­da do Porto, o clu­be em que jo­ga, e não se re­cu­pe­ra­rá a tem­po. É mais um pa­ra a se­le­ção dos ma­chu­ca­dos do Mun­di­al 2018, que já ti­nha o bra­si­lei­ro Da­ni Al­ves, o zagueiro me­xi­ca­no Di­e­go Reyes e o in­glês Ox­la­de-Cham­ber­lain.

PREDESTINADO

O la­te­ral-es­quer­do Ricardo Ro­drí­guez, da Suí­ça, pre­ci­sou de um mi­la­gre pa­ra jo­gar fu­te­bol. An­tes mes­mo de ele nascer, em Zu­ri­que, exa­mes ul­tras­som fei­tos em sua mãe, Mar­ce­la, de­tec­ta­ram que ele ti­nha um ori­fí­cio no di­a­frag­ma, por on­de po­de­ri­am pas­sar re­sí­du­os do seu abdô­men e in­tes­ti­no. Acon­te­ceu que ele foi ope­ra­do de emer­gên­cia e fez tra­ta­men­tos con­tí­nu­os, lo­go que nas­ceu. Aca­bou sa­ran­do, vi­rou jo­ga­dor de fu­te­bol. Tor­nou-se um dos des­ta­ques do ti­me e o he­rói que le­vou a Suí­ça pa­ra o Mun­di­al da Rús­sia. Foi Ricardo qu­em mar­cou o gol da clas­si­fi­ca­ção con­tra a Ir­lan­da do Nor­te, no ma­ta-ma­ta que de­fi­niu as úl­ti­mas va­gas pa­ra a Eu­ro­pa.

IS­SO QUE É GOS­TAR

A de­le­ga­ção do Uru­guai le­vou pa­ra a sua con­cen­tra­ção, em Nij­ni Nov­go­rod, uma car­ga mais do que especial pa­ra seus jo­ga­do­res e mem­bros da co­mis­são téc­ni­ca: 180 qui­los de er­va-ma­te e uma cen­te­na de qui­los de do­ce de leite. “Ti­ve­mos que con­se­guir cer­ti­fi­ca­dos es­pe­ci­ais das au­to­ri­da­des rus­sas pa­ra en­trar no país com es­se ti­po de pro­du­to”, con­ta Edu­ar­do Bel­za, ge­ren­te- es­por­ti­vo da Fe­de­ra­ção Uru­guaia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.