3,5 mi de cri­an­ças re­fu­gi­a­das fi­ca­ram fo­ra da escola em 2016

Metro Brazil (Brasilia) - - Mundo - METRO

Cer­ca de 3,5 mi­lhões de cri­an­ças re­fu­gi­a­das en­tre 5 e 17 anos não pu­de­ram fre­quen­tar a escola no úl­ti­mo ano le­ti­vo, in­for­mou on­tem o Ac­nur (Al­to Co­mis­sa­ri­a­do das Na­ções Uni­das pa­ra os Re­fu­gi­a­dos). De acor­do com o in­for­me “Es­que­ci­dos, a Edu­ca­ção dos Re­fu­gi­a­dos em Cri­se”, 1,5 mi­lhão fi­ca­ram fo­ra do en­si­no fun­da­men­tal, e 2 mi­lhões, do en­si­no mé­dio.

O do­cu­men­to com­pa­ra as fon­tes e es­ta­tís­ti­cas do Ac­nur so­bre a edu­ca­ção pa­ra re­fu­gi­a­dos com os da­dos da Unesco (Or­ga­ni­za­ção das Na­ções Uni­das pa­ra a Edu­ca­ção, a Ci­ên­cia e a Cul­tu­ra) so­bre o es­ta­do da es­co­la­ri­za­ção em to­do o mun­do.

Em ní­vel glo­bal, 91% das cri­an­ças fre­quen­tam o en­si­no fun­da­men­tal. No ca­so dos re­fu­gi­a­dos, es­se ín­di­ce é de 61%, e nos paí­ses de bai­xa ren­da, é in­fe­ri­or a 50%. A mé­dia glo­bal no en­si­no mé­dio é de 84%, con­tra ape­nas 23% en­tre os re­fu­gi­a­dos.

“A edu­ca­ção des­ses jo­vens é cru­ci­al pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to sus­ten­tá­vel dos paí­ses que os aco­lhe­ram.” FILIPPO GRANDI, COMISSÁRIO DO AC­NUR

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.