In­fla­ção de­sa­ce­le­ra, mas luz ain­da pe­sa

Após al­ta na gre­ve dos ca­mi­nho­nei­ros, IPCA cai a 0,33%; au­men­to da ener­gia che­ga a 5,33%

Metro Brazil (Brasilia) - - PRIMEIRA PÁGINA -

A in­fla­ção ofi­ci­al de­sa­ce­le­rou em ju­lho, com per­da de for­ça da pres­são pro­vo­ca­da pe­la gre­ve dos ca­mi­nho­nei­ros. O IPCA su­biu 0,33% no mês, após al­ta de 1,26% em ju­nho.

Em 12 me­ses, o in­di­ca­dor acu­mu­lou al­ta de 4,48%, pra­ti­ca­men­te no cen­tro da me­ta de in­fla­ção, de 4,50%, com mar­gem de 1,5 pon­to per­cen­tu­al pa­ra mais ou me­nos.

“Ao lon­go do mês hou­ve um au­men­to na ofer­ta de pro­du­tos agrí­co­las, se­ja pe­lo mo­men­to da sa­fra se­ja pe­la nor­ma­li­za­ção da dis­tri­bui­ção dos pro­du­tos afe­ta­dos pe­la gre­ve”, dis­se o ge­ren­te da pesquisa do IBGE (Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca), Fer­nan­do Gon­çal­ves.

O gru­po Ali­men­ta­ção e Be­bi­das te­ve de­fla­ção de 0,12% em ju­lho, após mar­car a mai­or al­ta dos úl­ti­mos 29 me­ses em ju­nho (2,03%). Um dos des­ta­ques fi­cou pa­ra a ce­bo­la, cu­jos pre­ços caí­ram 33,50% em ju­lho, fren­te à al­ta de 1,42% no mês an­te­ri­or.

A al­ta em Ha­bi­ta­ção (1,54%) e Trans­por­tes (0,49%) de­sa­ce­le­rou, mas os dois gru­pos fo­ram os que mais con­tri­buí­ram na com­po­si­ção do ín­di­ce. O des­ta­que fi­cou pa­ra ener­gia elé­tri­ca, cu­jos pre­ços sal­ta­ram 5,33% ape­sar da pres­são me­nor em re­la­ção a ju­nho (7,93%). A con­ti­nui­da­de da ban­dei­ra ta­ri­fá­ria ver­me­lha pa­ta­mar 2 con­ti­nu­ou pe­san­do. Tam­bém ti­ve­ram al­ta ôni­bus ur­ba­no (1,46%), ôni­bus in­ter­mu­ni­ci­pal ( 0,38%) e pas­sa­gens aé­re­as (44,51%).

O IPCA de ju­lho aju­da­rá o Ban­co Cen­tral a não ter de me­xer na ta­xa bá­si­ca de ju­ros tão ce­do. Na se­ma­na pas­sa­da, o BC dei­xou a Se­lic em 6,50% ao ano pe­la ter­cei­ra vez e su­ge­riu que não de­ve ele­vá-la por en­quan­to, ci­tan­do as ex­pec­ta­ti­vas de in­fla­ção sob con­tro­le

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.