Va­ci­na­ção. Cam­pa­nha che­ga ao fim ho­je

Metro Brazil (Campinas) - - Foco -

Um fun­ci­o­ná­rio da em­pre­sa HM En­ge­nha­ria mor­reu on­tem após um aci­den­te em uma ho­ra do pro­gra­ma “Mi­nha Ca­sa Mi­nha Vi­da”, no bair­ro Ser­ra dos Co­cais, em Va­li­nhos.

Mar­cos Fer­nan­des Li­ma, de 30 anos, di­ri­gia um tra­tor quan­do pas­sou mal, se­gun­do re­la­to de tes­te­mu­nhas. Ele per­deu o con­tro­le da di­re­ção e aca­bou su­bin­do em um bar­ran­co e cain­do do ou­tro la­do.

Du­ran­te a que­da, o fun­ci­o­ná­rio foi pro­je­ta­do pa­ra fo­ra do tra­tor e mor­reu es­ma­ga­do por uma das ro­das.

Os cer­ca de 200 fun­ci­o­ná­ri­os, as­sus­ta­dos, pa­ra­ram pa­ra acom­pa­nhar os tra­ba­lhos da pe­rí­cia após o aci­den­te.

O cor­po do ope­rá­rio foi re­ti­ra­do do lo­cal no iní­cio da tar­de. As cau­sas do aci­den­te só se­rão co­nhe­ci­das após o lau­do da pe­rí­cia.

Em no­ta, a em­pre­sa la­men­tou o aci­den­te e dis­se que es­tá con­tri­buin­do pa­ra as in­ves­ti­ga­ções. A cam­pa­nha de mul­ti­va­ci­na­ção ter­mi­na ho­je em Cam­pi­nas. No to­tal, 17 ti­pos de va­ci­na es­tão sen­do ofe­re­ci­das pa­ra que a po­pu­la­ção de até 15 anos pos­sa atu­a­li­zar a ca­der­ne­ta de va­ci­na­ção.

To­dos os 64 cen­tros de saú­de da ci­da­de te­rão as do­ses dis­po­ní­veis até o fim do dia pa­ra o público-al­vo. A me­ta é imu­ni­zar 230 mil pes­so­as.

A ori­en­ta­ção é pa­ra le­var a car­tei­ra de va­ci­na­ção, pa­ra que pos­sa ser con­fe­ri­do em ca­da ca­so quais as do­ses fal­tan­tes.

A cam­pa­nha tam­bém dis­po­ni­bi­li­za a va­ci­na con­tra HPV pa­ra me­ni­nas com ida­de en­tre 9 e me­no­res de 15 anos e me­ni­nos en­tre 11 e 15 anos in­com­ple­tos.

An­tir­rá­bi­ca

Nes­te sá­ba­do tem iní­cio a va­ci­na­ção an­tir­rá­bi­ca. Cães e ga­tos re­ce­be­rão as do­ses em pos­tos das re­giões Nor­te, Su­do­es­te e No­ro­es­te. Os ani­mais das re­giões Les­te e Sul re­ce­be­rão as do­ses em 30 de se­tem­bro e 1º de ou­tu­bro. O MPF ( Mi­nis­té­rio Público Fe­de­ral) apre­sen­tou de­nun­cia con­tra Mi­ce­no Rossi Ne­to, em­pre­sá­rio pre­so pre­ven­ti­va­men­te por ser um dos lí­de­res de um es­que­ma de so­ne­ga­ção fis­cal no ra­mo de com­bus­tí­veis. Ele so­ne­gou mais de R$ 170 mi­lhões.

O em­pre­sá­rio é um dos al­vos da ope­ra­ção ‘Ro­sa dos Ven­tos’ , de­fla­gra­da em agos­to pe­la Po­lí­cia Fe­de­ral e Re­cei­ta Fe­de­ral. Mi­ce­no uti­li­zou uma em­pre­sa de fa­cha­da, a Eu­ro Pe­tró­leo, pa­ra dei­xar de pa­gar tri­bu­tos en­tre 2008 e 2011. No to­tal, a dí­vi­da com o fis­co ul­tra­pas­sa R$ 692 mi­lhões. Jo­sé Luis Ri­car­do, re­pre­sen­tan­te co­mer­ci­al, e Gla­cil­do de Oli­vei­ra, con­ta­dor, tam­bém fo­ram de­nun­ci­a­dos por par­ti­ci­pa­ção nas frau­des.

O es­que­ma con­sis­tia em usar dis­tri­bui­do­ras fan­tas­mas pa­ra co­mer­ci­a­li­zar eta­nol, com so­ne­ga­ção de 33% dos tri­bu­tos após a com­pra do com­bus­tí­vel de usi­nas e a re­ven­da aos pos­tos. A vi­da útil das em­pre­sas não pas-

| AR­QUI­VO/ME­TRO CAM­PI­NAS

Va­ci­na sen­do apli­ca­da em cen­tro de saú­de

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.