Isen­ção IPTU. Pre­fei­tu­ra con­tes­ta ve­re­a­do­res

Metro Brazil (Campinas) - - Foco -

A Pre­fei­tu­ra de Cam­pi­nas con­tes­tou a de­nún­cia dos ve­re­a­do­res Mar­ce­lo Sil­va e Te­nen­te San­ti­ni – am­bos do PSD – se­gun­do a qu­al, o Exe­cu­ti­vo te­ria be­ne­fi­ci­a­do a em­pre­sa AGV com isen­ção de IPTU.

De acor­do com os par­la­men­ta­res, a em­pre­sa re­ce­beu o be­ne­fí­cio por ce­der uma área de 1,2 mil m2 para abri­gar o ar­qui­vo mu­ni­ci­pal, mas te­ria re­ce­bi­do isen­ção do pa­ga­men­to do im­pos­to sobre uma área de 85 mil m2.

Se­gun­do a Ad­mi­nis­tra­ção, o con­vê­nio foi as­si­na­do em 22 de mar­ço de 2017 e vá­li­do por um pe­río­do de 36 me­ses. Mas ga­ran­te que o des­con­to va­le ape­nas para o imó­vel que re­ce­beu o ar­qui­vo.

A pre­fei­tu­ra ale­ga que o IPTU a ser pa­go pe­la em­pre­sa em ja­nei­ro de 2017 era de R$ 1.182.669,70 e o va­lor re­e­me­ti­do em no­vem­bro de 2017 foi de R$ 1.155.362,59.

O des­con­to, por­tan­to, te­ria si­do de R$ 31.542,00 no ano de 2017; re­fe­ren­te por­tan­to, ape­nas à área de 1,2 mil m2. O des­con­to ofe­re­ci­do à em­pre­sa te­ria si­do de R$ 36.672,78 nes­te ano. “Não hou­ve ir­re­gu­la­ri­da­de no procedimento”, dis­se o se­cre­tá­rio de As­sun­tos Ju­rí­di­cos, Sil­vio Ber­nar­din.

Mar­ce­lo Sil­va re­ba­te. Diz que a ma­tri­cu­la do imó­vel é uma só: a de uma área de 85 mil m2 e as­sim não ha­ve­ria pos­si­bi­li­da­de de se­gre­gar ape­nas uma área. Diz ain­da que uma dí­vi­da de R$ 20 mi­lhões do imó­vel es­tá sus­pen­sa. Ber­nar­din diz que a di­vi­da es­tá sob dis­cus­são.

| DI­VUL­GA­ÇÃO/CMC

Ve­re­a­do­res Te­nen­te San­ti­ni (esq.) e Mar­ce­lo Sil­va

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.