Cai­xa pa­ga lu­cro do FGTS a tra­ba­lha­do­res

Ban­co con­clui de­pó­si­tos pa­ra os 88 mi­lhões de be­ne­fi­ciá­ri­os. Fun­do de Ga­ran­tia dis­tri­buiu R$ 7,2 bi­lhões em 245,7 mi­lhões de con­tas, com um va­lor mé­dio de R$ 29,62

Metro Brazil (Curitiba) - - ECONOMIA -

A Cai­xa fi­na­li­zou o pa­ga­men­to do lu­cro do FGTS. O ban­co in­for­mou on­tem que o de­pó­si­to dos va­lo­res nas con­tas dos tra­ba­lha­do­res foi con­cluí­do an­tes do pra­zo de­fi­ni­do em lei, que é 31 de agos­to des­te ano.

Com re­sul­ta­do de lu­cro de R$ 14,5 bi­lhões do FGTS no ano pas­sa­do, fo­ram pa­gos R$ 7,28 bi­lhões, ou se­ja 50% do to­tal, a cer­ca de 88 mi­lhões de tra­ba­lha­do­res. O mon­tan­te foi dis­tri­buí­do em 245,7 mi­lhões de con­tas.

A lei es­ta­be­le­ce que os va­lo­res se­jam pro­por­ci­o­nais ao sal­do da con­ta no dia 31 de de­zem­bro do ano an­te­ri­or. No ca­so de 2016, o lu­cro de­po­si­ta­do na con­ta equi­va­le a 1,93%. Por exem­plo, qu­em ti­nha R$ 1 mil de sal­do em 31 de de­zem­bro re­ce­beu R$ 19,30.

Com a dis­tri­bui­ção de re­sul­ta­dos equi­va­len­te a 1,93%, a ren­ta­bi­li­da­de das con­tas do FGTS au­men­ta de 5,11% ao ano – 3% ao ano mais TR (Ta­xa Re­fe­ren­ci­al) – pa­ra 7,14% ao ano.

De acor­do com a Cai­xa, o va­lor mé­dio de­po­si­ta­do por con­ta foi de R$ 29,62. Do to­tal de con­tas com di­rei­to ao lu­cro do FGTS, a mai­or par­te (73,64%) re­ce­beu até R$ 10. Em 19,49%, os de­pó­si­tos fi­ca­ram en­tre R$ 10,01 e R$ 100.

Pa­ra con­sul­tar o va­lor cre­di­ta­do re­fe­ren­te à dis­tri­bui­ção de re­sul­ta­dos do FGTS, a Cai­xa cri­ou um ser­vi­ço ex­clu­si­vo que po­de ser aces­sa­do pe­lo si­te do ban­co ( www.cai­xa.gov.br). Se­gun­do o ban­co, o tra­ba­lha­dor po­de iden­ti­fi­car o va­lor do cré­di­to por SMS (pa­ra qu­em tem ade­são ao ser­vi­ço) e no ex­tra­to da con­ta vin­cu­la­da de FGTS, dis­po­ní­vel pa­ra con­sul­ta pe­lo apli­ca­ti­vo do FGTS Cai­xa e pe­lo si­te.

A dis­tri­bui­ção dos re­sul­ta­dos do FGTS es­tá pre­vis­ta na mes­ma lei que li­be­rou os re­cur­sos das con­tas ina­ti­vas nes­te ano. O per­cen­tu­al de dis­tri­bui­ção de re­sul­ta­dos do fun­do é de 50% do lu­cro lí­qui­do do exer­cí­cio an­te­ri­or.

A no­va lei não pre­vê a pos­si­bi­li­da­de de sa­que dos re­sul­ta­dos do FGTS. Os tra­ba­lha­do­res po­de­rão sa­car os va­lo­res de su­as con­tas vin­cu­la­das de acor­do com as re­gras atu­ais, co­mo nos ca­sos de de­mis­são sem jus­ta cau­sa, apo­sen­ta­do­ria e tér­mi­no de con­tra­to por pra­zo de­ter­mi­na­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.