Usi­nas. Crea-PR aler­ta que lei­lão em MG po­de en­ca­re­cer ener­gia elé­tri­ca

Metro Brazil (Curitiba) - - FOCO - FA­LE COM A REDAÇÃO

O Crea-PR (Con­se­lho Re­gi­o­nal de En­ge­nha­ria e Agro­no­mia do Pa­ra­ná) emitiu on­tem uma car­ta aber­ta, pe­din­do que o Go­ver­no Fe­de­ral can­ce­le o lei­lão de qua­tro usi­nas hi­dre­lé­tri­cas da Ce­mig – a es­ta­tal mi­nei­ra de ener­gia. De acor­do com o Con­se­lho, a ven­da vai en­ca­re­cer o cus­to da ener­gia no país to­do, pois es­ta­be­le­ce um pre­ço te­to mui­to ele­va­do.

“Pa­ra com­pa­ra­ção, o va­lor da usi­na de Belo Monte é de R$ 78/MWh. (...) En­quan­to is­so, o va­lor mé­dio des­se lei­lão (...) se­rá de R$ 123/MWh”, diz o tex­to. “A co­bran­ça de ou­tor­ga so­bre as usi­nas hi­dre­lé­tri­cas, já pa­gas pe­la po­pu­la­ção, na­da mais é que um im­pos­to dis­far­ça­do ge­ran­do, por con­se­guin­te, au­men­to do pre­ço da ener­gia elé­tri­ca pa­ra to­dos os con­su­mi­do­res bra­si­lei­ros pa­ra os pró­xi­mos 30 anos.”

Go­ver­no Dil­ma

O ca­so re­mon­ta a 2012, quan­do a Ce­mig de­ci­diu não ade­rir a uma MP do go­ver­no Dil­ma Rous­seff (PT), que re­du­ziu o pre­ço da ener­gia.

Ao não ade­rir, te­o­ri­ca­men­te a Ce­mig per­de­ria o di­rei­to de re­no­var as su­as con­ces­sões – que ago­ra po­dem ser ven­di­das. O im­pas­se es­tá na Jus­ti­ça e ho­je o STF po­de jul­gar o pro­ces­so.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.