Es­pe­tá­cu­lo ‘As Aves’ abor­da éti­ca e cor­rup­ção com hu­mor

Metro Brazil (Curitiba) - - CULTURA -

Es­treia ama­nhã o es­pe­tá­cu­lo “As Aves”, uma pe­ça clás­si­ca es­cri­ta pe­lo dra­ma­tur­go gre­go Aris­tó­fa­nes que abor­da a po­lí­ti­ca de for­ma cô­mi­ca e ir­re­ve­ren­te.

A pe­ça, pro­du­zi­da e adap­ta­da por Ta­deu Pe­ron­ne, faz uma crí­ti­ca às es­tru­tu­ras po­lí­ti­cas de Ate­nas e aos com­por­ta­men­tos dos ci­da­dãos da An­ti­gui­da­de. Le­van­do ao pal­co ques­tões con­tem­po­râ­ne­as a fim de cau­sar re­fle­xões no pú­bli­co, a mon­ta­gem tam­bém mes­cla a es­té­ti­ca gre­ga a ele­men­tos pa­ra­na­en­ses, fa­zen­do uma ho­me­na­gem à cul­tu­ra cai­ça­ra e ao fan­dan­go.

O es­pe­tá­cu­lo con­ta a his­tó­ria de dois per­so­na­gens, Evél­pe­des e Pis­te­te­ro, am­bos can­sa­dos da cor­rup­ção de Ate­nas. A du­pla en­tão par­te em bus­ca do rei Te­reu, que foi trans- for­ma­do em um pás­sa­ro, pa­ra que o mo­nar­ca in­di­que o me­lhor lu­gar pa­ra se vi­ver, li­vre da cor­rup­ção.

O di­re­tor da pe­ça Ta­deu Pe­ron­ne afir­ma que o es­pe­tá­cu­lo es­bar­ra na ques­tão da éti­ca de for­ma des­con­traí­da “Além da crí­ti­ca à cor­rup­ção, in­tro­du­zi ele­men­tos do fan­dan­go pa­ra fa­zer o pú­bli­co ver o quan­to a cul­tu­ra pa­ra­na­en­se é bo­ni­ta. Pre­ser­va­mos mui­to o tex­to ori­gi­nal, o fi­gu­ri­no é bem sol­to e têm mui­tas brin­ca­dei­ras car­na­va­les­cas que ho­me­na­gei­am a cul­tu­ra cai­ça­ra”.

A pe­ça fi­ca em car­taz ama­nhã e do­min­go às 19h no Te­a­tro SESI Por­tão, com en­tra­da fran­ca.

| DA­VID D’VISANT

A pe­ça con­ta com 3 ato­res em ce­na, que tam­bém fa­zem o co­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.