Be­to Ri­cha de­ve ser ou­vi­do ho­je no Ga­e­co

De­pois de mais um ha­be­as cor­pus ne­ga­do, des­ta vez pe­lo STJ, ex-go­ver­na­dor pres­ta de­poi­men­to

Metro Brazil (Curitiba) - - PRIMEIRA PÁGINA -

On­tem, um dos fi­lhos do ex-go­ver­na­dor Be­to Ri­cha e da ex-se­cre­tá­ria da Fa­mí­lia, Fer­nan­da Ri­cha, An­dré Vi­ei­ra Ri­cha, tes­te­mu­nhou no Ga­e­co (Gru­po de Atu­a­ção Es­pe­ci­al de Com­ba­te ao Crime Or­ga­ni­za­do), so­bre as investigações da Operação Ra­dio Pa­tru­lha. An­dré não é in­ves­ti­ga­do, mas jun­to com sua mãe cons­ta co­mo só­cio pro­pri­e­tá­rio da Oca­po­rã Ad­mi­nis­tra­do­ra de Bens, em­pre­sa que te­ria sido usa­da pa­ra la­va­gem de di­nhei­ro.

O co­or­de­na­dor do Ga­e­co, Le­o­nir Ba­tis­ti, con­fir­mou que os de­poi­men­tos de Be­to Ri­cha e Fer­nan­da es­tão mar­ca­dos pa­ra ho­je. “To­dos os presos se­rão ou­vi­dos até sex­ta”, afir­mou. Ele não dis­se, no en­tan­to, se o MP pe­di­rá ou não a pror­ro­ga­ção da prisão de quais­quer um dos in­ves­ti­ga­dos.

As pri­sões tem­po­rá­ri­as ven­cem no sá­ba­do, mas po­dem ser re­no­va­das por mais cin­co di­as ou re­ver­ti­das pa­ra pre­ven­ti­vas, sem pra­zo pa­ra aca­bar. Ca­so al­gum pe­di­do se­ja fei­to ca­be­rá ao juiz Fer­nan­do Bar­del- li Silva Fis­cher, da 13ª Va­ra Cri­mi­nal, que de­ter­mi­nou as 15 pri­sões das ope­ra­ções, de­ci­dir.

On­tem, o ex-se­cre­tá­rio de go­ver­no Ed­son Ca­sa­gran­de, se en­tre­gou na se­de do Ga­e­co, no Ahú. Com is­so, ape­nas o man­da­do de prisão con­tra o em­pre­sá­rio Jo­el Ma­lu­cel­li ain­da não foi cum­pri­do. A de­fe­sa de Ma­lu­cel­li mar­cou a sua apre­sen­ta­ção pa­ra até o fim des­ta se­ma­na, já que ele es­tá em vi­a­gem ao ex­te­ri­or.

O operação in­ves­ti­ga desvios no pro­gra­ma Pa­tru­lha do Cam­po, de ma­nu­ten­ção de es­tra­das ru­rais, du­ran­te o primeiro man­da­to de Ri­cha co­mo go­ver­na­dor.

Di­nhei­ro apre­en­di­do

O Ga­e­co con­fir­mou que foram apre­en­di­dos de R$ 370 mil em di­nhei­ro vi­vo em uma em­pre­sa de Luis Abi An­toun, pri­mo dis­tan­te do ex-go­ver­na­dor, em Lon­dri­na. Mais di­nhei­ro foi en­con­tra­do em pos­se de ou­tros dos in­ves­ti­ga­dos, mas Ba­tis­ti não de­ta­lhou de quais.

De­fe­sas

Em no­ta, o ex-go­ver­na­dor diz que na­da de­ve, e que se­gue con­fi­an­do na Jus­ti­ça. Já a de­fe­sa de Fer­nan­da Ri­cha clas­si­fi­ca a sua prisão co­mo “ex­ces­si­va, ina­de­qua­da e des­ne­ces­sá­ria”, já que ela sem­pre se co­lo­cou à dis­po­si­ção pa­ra co­la­bo­rar.

A de­fe­sa de Luiz Abi An­toun tam­bém diz que a prisão é des­ne­ces­sá­ria e afir­ma que há anos ele não tem con­ta­to com os in­ves­ti­ga­dos, e que ou­tros ele se­quer co­nhe­ce.

Ri­cha, Fer­nan­da e Pepe Ri­cha es­tão presos no Re­gi­men­to de Po­lí­cia Mon­ta­da, no Ta­ru­mã.

| BRUNNO BRUGNOLO / ME­TRO CURITIBA

STJ ne­gou on­tem se­gun­do ha­be­as cor­pus de Ri­cha

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.