Co­pa ain­da não se­duz rus­sos

Metro Brazil (Espirito Santo) - - Esporte - FER­NAN­DO VALEIKA DE BAR­ROS, DA

Con­tras­tan­do com o cli­ma ani­ma­do no trei­no da Se­le­ção em So­chi (leia mais na pá­gi­na 16), a pou­cas ho­ras da pri­mei­ra par­ti­da, em Mos­cou, o cli­ma na ca­pi­tal rus­sa bei­ra à qua­se in­di­fe­ren­ça.

O GUM, lu­xu­o­so centro co­mer­ci­al, foi uma das ra­ras lo­jas que en­trou no cli­ma do Mun­di­al, com uma decoração com gran­des bo­las de fu­te­bol es­ti­li­za­das, en­fei­tan­do o shop­ping. Pe­las ru­as ao re­dor, de vez em quan­do um gru­po de tor­ce­do­res es­tran­gei­ros gri­ta e agi­ta ban­dei­ras de seu país.

Mas, nos ou­tros pon­tos da ci­da­de, nem fes­ta nem si­nal de que o mai­or cam­pe­o­na­to de fu­te­bol do pla­ne­ta está pres­tes a co­me­çar no país. Pa­ra pi­o­rar, os úl­ti­mos di­as fo­ram chu­vo­sos. Nem o prin­ci­pal car­tão-pos­tal mos­co­vi­ta, a Ca­te­dral de São Ba­sí­lio, está dis­po­ní­vel pa­ra fo­tos. Até a ce­rimô­nia de aber­tu­ra e o pri­mei­ro jo­go da Co­pa, en­tre a Rús­sia e a Ará­bia Sau­di­ta, ama­nhã, um dos prin­ci­pais car­tões-pos­tais es­ta­rá fe­cha­do por ta­pu­mes, pro­va­vel­men­te pa­ra se trans­for­mar em uma das sur­pre­sas da inau­gu­ra­ção.

Te­men­do aten­ta­dos ter­ro­ris­tas, o go­ver­no rus­so re­for­çou, pa­ra va­ler, os es­que­mas de se­gu­ran­ça. Em Mos­cou, a re­por­ta­gem do Metro Jor­nal foi pa­ra­da du­as ve­zes em pou­cos mi­nu­tos pa­ra che­ca­gem de do­cu­men­tos. A si­tu­a­ção se re­pe­tiu a ca­mi­nho de So­chi, com co­man­dos que ve­ri­fi­ca­vam a do­cu­men­ta­ção de ocu­pan­tes de car­ros, ca­mi­nhões ôni­bus. Vai ter Co­pa na Rús­sia, cla­ro, mas a animação, por en­quan­to, está con­cen­tra­da em pe­que­nos es­pa­ços, co­mo o alegre Centro de Trei­na­men­to da Se­le­ção, em So­chi.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.