Ban­co de Ta­len­tos já têm 2,7 mil cur­rí­cu­los

Opor­tu­ni­da­des. Com o ob­je­ti­vo de pro­fis­si­o­na­li­zar a ges­tão, Pre­fei­tu­ra de Por­to Ale­gre es­tá se­le­ci­o­nan­do can­di­da­tos pa­ra va­gas di­ver­sas, por meio de car­gos em co­mis­são ou fun­ções gra­ti­fi­ca­das. Nú­me­ro de va­gas não foi di­vul­ga­da

Metro Brazil (Porto Alegre) - - Foco -

Uma das pro­mes­sas de cam­pa­nha do pre­fei­to Nelson Mar­che­zan Jú­ni­or foi a de pro­fis­si­o­na­li­zar a ges­tão da pre­fei­tu­ra, por meio da con­tra­ta­ção de pes­so­as qua­li­fi­ca­das pa­ra ca­da fun­ção. Den­tro des­sa di­re­triz, foi cri­a­do o Ban­co de Ta­len­tos, que já re­ce­beu mais de 2,7 mil cur­rí­cu­los.

Qual­quer pes­soa po­de se ca­das­trar pa­ra opor­tu­ni­da­des que vão de car­gos de se­cre­tá­ri­os mu­ni­ci­pais aos de au­xi­li­a­res téc­ni­cos. Ser­vi­do­res pú­bli­cos se­rão va­lo­ri­za­dos nos pro­ces­sos. Quem não atua na ad­mi­nis­tra­ção en­tra­ria co­mo CC (car­go em co­mis­são). Quem já atua, po­de­ria ganhar uma “pro­mo­ção” por meio de uma FG (fun­ção gra­ti­fi­ca­da).

Além de com­pro­va­da ex- pe­ri­ên­cia na fun­ção, os can­di­da­tos pre­ci­sam ter fi­cha lim­pa, ou se­ja, sem con­de­na­ções. Ao sub­me­ter os da­dos, o in­te­res­sa­do não en­tra na con­cor­rên­cia pa­ra um car­go es­pe­cí­fi­co, mas po­de ma­ni­fes­tar in­te­res­se em ser con­si­de­ra­do pa­ra um ní­vel fun­ci­o­nal (di­ri­gen­te, exe­cu­ti­vo ou ope­ra­ci­o­nal) e em até du­as áre­as. A se­le­ção é fei­ta por vo­lun­tá­ri­os de ONGs li­ga­das a re­cur­sos hu­ma­nos, co­mo a Co­mu­ni­tas.

“Qu­e­re­mos os me­lho­res ta­len­tos tra­ba­lhan­do na ad­mi­nis­tra­ção da ci­da­de e qu­e­re­mos os ser­vi­do­res pú­bli­cos fa­zen­do par­te des­te processo. Gen­te com­pro­me­ti­da e mui­to ca­pa­ci­ta­da pa­ra fa­zer uma ges­tão ori­en­ta­da pa­ra re­sul­ta­dos, com fo­co no de­sen- vol­vi­men­to econô­mi­co e no com­ba­te à po­bre­za”, avi­sa o pre­fei­to, no si­te.

Não há, no mo­men­to, um nú­me­ro de va­gas dis­po­ní­veis. No­vi­da­des de­vem ser di­vul­ga­das nes­ta se­ma­na. Na sex­ta-fei­ra pas­sa­da, a pre­fei­tu­ra exo­ne­rou mais de 270 CCs da ges­tão an­te­ri­or. Os des­li­ga­men­tos fo­ram in­di­ca­dos pe­los se­cre­tá­ri­os mu­ni­ci­pais de­pois de uma ava­li­a­ção so­bre o qua­dro e as es­tru­tu­ras de ca­da pas­ta. Mar­che­zan de­ter­mi­nou que os CCs exo­ne­ra­dos ape­nas re­ce­bam in­de­ni­za­ção de fé­ri­as e 13º sa­lá­rio pro­por­ci­o­nal pen­den­tes di­an­te da apre­sen­ta­ção da De­cla­ra­ção Pú­bli­ca de Bens, com­pro­van­do seu pa­trimô­nio privado, co­mo de­ter­mi­na a le­gis­la­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.