Te­mer anun­cia cons­tru­ção de pre­sí­dio fe­de­ral no RS

Visita pre­si­den­ci­al. Após so­bre­vo­ar ci­da­des afe­ta­das por en­chen­te, pre­si­den­te con­fir­ma que um dos cin­co es­ta­be­le­ci­men­tos pe­nais pre­vis­tos no Pla­no Na­ci­o­nal de Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca se­rá er­gui­do no Rio Gran­de do Sul. Go­ver­no do Es­ta­do irá de­fi­nir a lo­ca­li­za­ção

Metro Brazil (Porto Alegre) - - Front Page -

O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer con­fir­mou on­tem que um dos cin­co pre­sí­di­os de se­gu­ran­ça má­xi­ma pre­vis­tos no Pla­no Na­ci­o­nal de Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca se­rá cons­truí­do no Rio Gran­de do Sul. O anún­cio foi fei­to em Es­teio, lo­ca­li­za­da na Gran­de Por­to Ale­gre, on­de o pe­e­me­de­bis­ta re­a­li­za­va a en­tre­ga ofi­ci­al de am­bu­lân­ci­as pa­ra o Sa­mu (Ser­vi­ço de Aten­di­men­to Mó­vel de Ur­gên­cia). Foi a pri­mei­ra visita de Te­mer ao Es­ta­do à fren­te do prin­ci­pal car­go do país.

“Que­re­mos cons­truir aqui [no RS] um pre­sí­dio fe­de­ral de se­gu­ran­ça má­xi­ma. E que­ro anun­ci­ar pela pri­mei­ra vez es­te fa­to. Sei que não é na­da agra­dá­vel anun­ci­ar pre­sí­di­os, mas vol­to a di­zer: a re­a­li­da­de so­ci­al atu­al exi­ge me­di­das des­ta na­tu­re­za. Es­pe­ro que da­qui a 20 anos qu­em es­te­ja nes­sa tri­bu­na ve­nha di­zer que es­tá cons­truin­do só es­co­las e pos­tos de saú­de, e não pre­sí­di­os” dis­se Te­mer.

O pre­si­den­te não deu mai­o­res de­ta­lhes so­bre a ini­ci­a­ti­va, mas des­ta­cou que ca­be­rá ao go­ver­no do Es­ta­do de­fi­nir a lo­ca­li­za­ção e fa­zer o en­ca­mi­nha­men­to: “Se­rá ajus­ta­do pe­lo Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça com o go­ver­na­dor. O go­ver­na­dor vai ve­ri­fi­car a melhor lo­ca­li­za­ção. A União não vai im­por na­da nes­se sen­ti­do. As­sim que lo­ca­li­za­rem co­me­ça­re­mos a pensar no pro­je­to de cons­tru­ção”.

Te­mer co­men­tou que a Cons­ti­tui­ção es­ta­be­le­ce o cum­pri­men­to de pe­na em es­ta­be­le­ci­men­tos dis­tin­tos de acor­do com a na­tu­re­za do de­li­to pra­ti­ca­do pe­lo pre­so, com a ida­de e com o se­xo. “Is­so não se cum­pre no nos­so país”, dis­se Te­mer. Com os no­vos pre­sí­di­os fe­de­rais, além

“Sei que não é na­da agra­dá­vel anun­ci­ar pre­sí­di­os, mas vol­to a di­zer: a re­a­li­da­de so­ci­al atu­al exi­ge me­di­das des­ta na­tu­re­za.” MI­CHEL TE­MER, PRE­SI­DEN­TE DA RE­PÚ­BLI­CA

da cons­tru­ção de no­vos es­ta­be­le­ci­men­tos es­ta­du­ais em 25 Es­ta­dos, a in­ten­ção do go­ver­no fe­de­ral é re­du­zir a su­per­lo­ta­ção nas ca­dei­as e ofe­re­cer lo­cais dis­tin­tos pa­ra os de­ten­tos. “Se ele co­me­teu cri­mes de po­ten­ci­al ofen­si­vo me­nor, vai pa­ra um es­ta­be­le­ci­men­to prisional. Se co­me­teu po­ten­ci­al ofen­si­vo mui­to mais vi­o­len­to, vai pa­ra ou­tro es­ta­be­le­ci­men­to de pri­são”, acres­cen­tou o pre­si­den­te, ao res­sal­tar a se­pa­ra­ção de de­ten­tos por crime es­tá pre­vis­ta no pla­no que se­rá en­vi­a­do ao Con­gres­so Na­ci­o­nal.

O anún­cio pre­si­den­ci­al ocor­reu no Par­que de Ex­po­si­ções As­sis Bra­sil, on­de ocor­re a Ex­poin­ter, uma das mai­o­res fei­ras agro­pe­cuá­ri­as da Amé­ri­ca La­ti­na. Do la­do de fo­ra, cer­ca de cem ma­ni­fes­tan­tes li­ga­dos a sin­di­ca­tos e cen­trais sin­di­cais pro­tes­ta­vam. O gru­po foi dis­per­sa­do pela Bri­ga­da Mi­li­tar com o uso de spray de pi­men­ta. Te­mer não pas­sou per­to dos ma­ni­fes­tan­tes, que não eram ou­vi­dos no pal­co mon­ta­do pa­ra a so­le­ni­da­de.

Em seu dis­cur­so, o go­ver­na­dor Jo­sé Ivo Sar­to­ri (PMDB) deu um to­que pa­ra o pre­si­den­te: “Nun­ca se se pre­o­cu­pe com im­po­pu­la­ri­da­de. Nós to­dos pre­ci­sa­mos fa­zer o que pre­ci­sa ser fei­to nes­te mo­men­to his­tó­ri­co pa­ra o país”.

| BE­TO BA­RA­TA/PRE­SI­DÊN­CIA DA RE­PÚ­BLI­CA

Pre­si­den­te e go­ver­na­dor Sar­to­ri so­bre­vo­a­ram, de he­li­cóp­te­ro, mu­ni­cí­pi­os de Ro­lan­te e Ri­o­zi­nho, na ma­nhã de on­tem

| BE­TO BA­RA­TA/PR

Pre­si­den­te Te­mer dis­se que o go­ver­na­dor Sar­to­ri irá de­fi­nir lo­cal do pre­sí­dio

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.