Ju­ro do ro­ta­ti­vo do car­tão cai pa­ra 363%

Cré­di­to. Com no­vas re­gras, ta­xa mé­dia na mo­da­li­da­de atin­ge em maio o me­nor ní­vel em dois anos, se­gun­do o BC. No par­ce­la­do, hou­ve re­du­ção de 2,2 pon­tos, pa­ra 160% ao ano

Metro Brazil (Porto Alegre) - - Economia -

Os ju­ros do ro­ta­ti­vo do car­tão de cré­di­to caí­ram 64,8 pon­tos per­cen­tu­ais em maio, atin­gin­do 363,3% ao ano. A úl­ti­ma vez que a ta­xa mé­dia na mo­da­li­da­de fi­cou abai­xo des­te pa­ta­mar foi em maio de 2015, a 355% ao ano, se­gun­do da­dos do Ban­co Cen­tral.

A no­va que­da ocor­re após a en­tra­da em vi­gor, em abril, da re­gra que im­pe­de que o cli­en­te fi­que mais de 30 di­as no ro­ta­ti­vo, obri­gan­do os ban­cos a trans­fe­ri­rem a dí­vi­da pa­ra o cré­di­to par­ce­la­do, que co­bra ta­xas me­no­res. Em abril, os ju­ros já ha­vi­am caí­do de 490% pa­ra 422,5% ao ano.

A ta­xa de ju­ros do ro­ta­ti­vo clas­si­fi­ca­do pe­lo BC co­mo “não re­gu­lar”, em que o con­su­mi­dor não pa­gou ou atra­sou o pa­ga­men­to mí­ni­mo da fa­tu­ra, fi­cou em 445,1% ao ano, em maio, com re­du­ção de 75,1 pon­tos per­cen­tu­ais em re­la­ção a abril. A ta­xa do ro­ta­ti­vo do car­tão “re­gu­lar” caiu 50,2 pon­tos per­cen­tu­ais, in­do pa­ra 247,5% ao ano. A ta­xa do cré­di­to par­ce­la­do re­cu­ou 2,2 pon­tos per­cen­tu­ais pa­ra 160% ao ano.

Ape­sar da re­du­ção, o che­fe-ad­jun­to do De­par­ta­men­to Econô­mi­co do BC, Fer­nan­do Rocha, lem­bra que o uso do ro­ta­ti­vo do car­tão de cré­di­to e do che­que es­pe­ci­al só de­ve ser fei­to em si­tu­a­ção emer­gen­ci­al por apre­sen­ta­rem ju­ros mais ele­va­dos do que de ou­tras mo­da­li­da­des. “O car­tão de cré­di­to ro­ta­ti­vo, as­sim co­mo o che­que es­pe­ci­al, tem a fun­ção de ser li­nha emer­gen­ci­al, por tem­po re­du­zi­do.”

Os ju­ros do che­que es­pe­ci­al fi­ca­ram em 325,1% ao ano em maio, com re­du­ção de 3,1 pon­tos per­cen­tu­ais em re­la­ção a abril. A ta­xa mé­dia de ju­ros pa­ra as fa­mí­li­as caiu 4,5 pon­tos per­cen­tu­ais, pa­ra 63,8% ao ano.

O sal­do de to­das as ope­ra­ções de cré­di­to no país fi­cou em R$ 3,065 tri­lhões, com que­da de 0,2%, no mês. Em 12 me­ses, hou­ve re­tra­ção de 2,6%. Se­gun­do Rocha, co­mo o cré­di­to pa­ra as em­pre­sas não mos­tra si­nais de re­to­ma­da, a pro­je­ção do BC pa­ra o cres­ci­men­to do sal­do to­tal nes­te ano foi re­du­zi­da de 2% pa­ra 1%.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.