Jus­ti­ça de­ter­mi­na trem par­ci­al

Metro Brazil (Porto Alegre) - - Foco -

A Tren­surb ob­te­ve on­tem uma li­mi­nar na Jus­ti­ça do Tra­ba­lho de­ter­mi­nan­do o fun­ci­o­na­men­to dos trens nos ho­rá­ri­os de pi­co ho­je. Os me­tro­viá­ri­os pro­me­tem pa­ra­li­sar por 24 ho­ras em ade­são à gre­ve ge­ral pro­gra­ma­da pa­ra ho­je pe­las cen­trais sin­di­cais con­tra as re­for­mas do go­ver­no Te­mer.

Os ôni­bus po­de­rão cir­cu­lar, se­gun­do o Sin­di­ca­to dos Ro­do­viá­ri­os, mas as cen­trais sin­di­cais pro­me­tem tran­car as ga­ra­gens, im­pe­din­do a saí­da dos co­le­ti­vos. A ATP (As­so­ci­a­ção dos Trans­por­ta­do­res de Pas­sa­gei­ros) anun­ci­ou que as em­pre­sas de ôni­bus vão des­con­tar o dia não tra­ba­lha­do dos mo­to­ris­tas que cru­za­rem os bra­ços. Os ban­cos não de­vem abrir ho­je. Alu­nos de es­co­las pú­bli­cas po­de­rão não ter aula, mas a pa­ra­li­sa­ção de­pen­de da ade­são dos pro­fes­so­res. O fun­ci­o­na­men­to das es­co­las pri­va­das se­rá op­ci­o­nal. A UFRGS não te­rá ati­vi­da­des.

En­ti­da­des pa­tro­nais cri­ti­cam a pa­ra­li­sa­ção. A Fe­de­ra­sul clas­si­fi­cou a gre­ve co­mo “ino­por­tu­na”. O Sindha (Sin­di­ca­to de Hos­pe­da­gem e Ali­men­ta­ção de Por­to Ale­gre e Re­gião) re­cha­çou o mo­vi­men­to, ori­en­tan­do os es­ta­be­le­ci­men­tos a fun­ci­o­na­rem nor­mal­men­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.