Era uma vez Pió

Metro Brazil (Rio) - - BRASIL -

Cam­pi­na Gran­de (PB) tam­bém vi­via sob a lei mar­ci­al da Re­vo­lu­ção de 1932 qu­an­do, cer­ta ma­dru­ga­da, o ve­re­a­dor Zé Pió re­tor­na­va de uma far­ra em ple­no ble­cau­te e foi in­ter­cep­ta­do por um sen­ti­ne­la: “Al­to lá!” Zé Pió não per­ce­beu que a ad­ver­tên­cia era pa­ra le e con­ti­nu­ou a andar, ta­te­an­do a es­cu­ri­dão. O mi­li­co en­ga­ti­lhou o fu­zil: “Qu­em vem lá? Fa­le ou le­va fo­go!” - É Pió! Não ati­ra que é Pió! – gri­tou o ve­re­a­dor. Pi­or pa­ra ele. O sol­da­do achou que era pro­vo­ca­ção e man­dou ba­la.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.