Dou­ra­do marca dois e Tricolor go­leia na Co­pa Sul-Ame­ri­ca­na

Metro Brazil (Rio) - - ESPORTE -

A fa­se do ata­can­te Hen­ri­que Dou­ra­do é so­ber­ba. Em mais uma boa atu­a­ção, o ar­ti­lhei­ro mar­cou dois gols e aju­dou o Flu­mi­nen­se a dar um im­por­tan­te pas­so pa­ra se­lar sua clas­si­fi­ca­ção às oi­ta­vas de fi­nal da Co­pa Sul-Ame­ri­ca­na. Em rit­mo de trei­no, o ti­me tricolor go­le­ou, por 4 a 0, a Uni­ver­si­dad de Qui­to, on­tem, no Ma­ra­ca­nã, e con­quis­tou ex­ce­len­te van­ta­gem pa­ra o se­gun­do du­e­lo, em 26 de ju­lho, na ca­pi­tal equa­to­ri­a­na. Ri­char­li­son e Wen­del marca- ram os ou­tros gols do Flu. Mas com ape­nas 13 mil pa­gan­tes no es­tá­dio, o Tricolor te­ve pre­juí­zo co­mo man­dan­te, já que pre­ci­sa de pe­lo me­nos um pú­bli­co de 27 mil.

Ar­ti­lhei­ro do Bra­si­lei­rão, com 9 gols mar­ca­dos, Dou­ra­do tam­bém en­trou na disputa da ar­ti­lha­ria da Sul-Ame­ri­ca­na. Após a vi­tó­ria no Ma­ra­ca­nã, o Cei­fa­dor so­mou 3 gols na com­pe­ti­ção e as­su­miu a vi­ce-ar­ti­lha­ria, atrás ape­nas de Ci­fu­en­tes, da Uni­ver­si­dad de Qui­to, que fez 5 gols. O Flu vol­ta a cam­po so­men­te na se­gun­da-fei­ra, às 20h, con­tra a Cha­pe­co­en­se, no es­tá­dio Giu­li­te Cou­ti­nho, em Mes­qui­ta, pe­lo Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro.

Na quar­ta-fei­ra, vés­pe­ra do jo­go, os jo­ga­do­res da Uni­ver­si­dad pas­sa­ram um sus­to: pe­lo me­nos oi­to atle­tas fo­ram fur­ta­dos e ti­ve­ram car­tões de cré­di­to clo­na­dos, no ho­tel em que es­tão hos­pe­da­dos, em São Con­ra­do. O cri­me acon­te­ceu qu­an­do os jo­ga­do­res vol­ta­vam de trei­no no Ma­ra­ca­nã e per­ce­be­ram que al­guns de seus quartos ti­nham si­do in­va­di­dos. O téc­ni­co da equi­pe, Jor­ge Cé­li­co, pre­fe­riu mi­ni­mi­zar o ocor­ri­do.

| CEL­SO PUPO /FO­TO­A­RE­NA/FO­LHA­PRESS

Dou­ra­do co­me­mo­ra o pri­mei­ro gol tricolor

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.