En­ge­nhei­ros su­ge­rem cri­a­ção de re­ci­fe ar­ti­fi­ci­al no Le­blon

Metro Brazil (Rio) - - FOCO -

A Sociedade dos En­ge­nhei­ros e Ar­qui­te­tos do Es­ta­do do Rio (Se­a­erj) vai apre­sen­tar ho­je à Pre­fei­tu­ra do Rio um pro­je­to, es­ti­ma­do em tor­no de R$ 1 mi­lhão, pa­ra cri­ar um re­ci­fe ar­ti­fi­ci­al na praia do Le­blon. O ob­je­ti­vo é pro­te­ger a or­la da zo­na sul con­tra as res­sa­cas. Pre­si­den­te do ór­gão, Ha­rol­do Ma­tos ex­pli­ca que a ideia é imi­tar o efei­to da Pe­dra de São Luiz, que fi­ca sub­mer­sa na praia de Ipa­ne­ma e aca­ba amor­te­cen­do o efei­to das on­das na re­gião, pro­te­gen­do o lo­cal dos da­nos da água.

“Co­lo­ca-se areia, o ma­te­ri­al do pró­prio lo­cal, den­tro de tu­bu­lões de plás­ti­co, que são de­po­si­ta­dos no fun­do do mar em fren­te à praia. Eles fi­cam in­vi­sí­veis, mas is­so tam­bém faz com que a for­ça das on­das se­ja dis­si­pa­da e ela não cau­sa pro­ble­mas na praia”, diz.

A Se­a­erj afir­ma que, ca­so o pro­je­to se­ja co­lo­ca­do em fren­te ao tre­cho da ci­clo­via Tim Maia, que de­sa­bou em abril de 2016, dei­xan­do dois mor­tos, a es­tru­tu­ra po­de­ria ser usa­da em se­gu­ran­ça.

O oce­a­nó­gra­fo da Uerj Da­vid Zee ava­lia que a pro­pos­ta é po­si­ti­va pa­ra a vi­da ma­ri­nha, mas é ne­ces­sá­rio um es­tu­do am­bi­en­tal pa­ra in­di- car mu­dan­ças na in­ci­dên­cia das on­das e das cor­ren­te­zas.

“Re­ci­fe ar­ti­fi­ci­al mu­da os con­tor­nos do fun­do e is­so po­de al­te­rar a cir­cu­la­ção da água cos­tei­ra e a in­ci­dên­cia das on­das. Po­de, even­tu­al­men­te, for­mar pon­tos de ex­pan­são, um alar­ga­men­to da praia, e po­de ha­ver ero­são e uma en­tra­da mai­or de água em ou­tros lu­ga­res”, ex­pli­ca Zee. A pre­fei­tu­ra não se po­si­ci­o­nou so­bre a ini­ci­a­ti­va.

| REPRODUÇÃO

Tu­bu­lões chei­os de areia for­mam o re­ci­fe ar­ti­fi­ci­al no fun­do do mar

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.