No­vo aces­so à Do­mê­ni­co Ran­go­ni não sai do pa­pel

Via que se­ria cons­truí­da para de­sa­fo­gar o trân­si­to de ca­mi­nhões ru­mo à mar­gem es­quer­da do por­to foi pro­me­ti­da para ju­nho, mas até ago­ra só fi­cou no dis­cur­so. Pre­fei­tu­ra do Gu­a­ru­já afir­ma que pro­ble­mas com do­cu­men­ta­ção in­vi­a­bi­li­zam o iní­cio das obras

Metro Brazil (Santos) - - Front Page -

Vis­to co­mo a so­lu­ção mais rá­pi­da para de­sa­fo­gar os con­ges­ti­o­na­men­tos na ro­do­via Cô­ne­go Do­mê­ni­co Ran­go­ni, de­vi­do ao ex­ces­so de ca­mi­nhões ru­mo à mar­gem es­quer­da do por­to, no Gu­a­ru­já, o no­vo aces­so, que se­ria cons­truí­do em ter­re­nos das em­pre­sas Fas­si­na e Dow Química, pre­vis­to pe­lo se­cre­tá­rio es­ta­du­al de Trans­por­tes Sau­lo de Cas­tro para ser en­tre­gue em ju­nho, não sai­rá tão rá­pi­do as­sim do pa­pel.

De acor­do com o vi­ce-pre­fei­to do Gu­a­ru­já, Duí­no Ver­ri Fer­nan­des, o en­tra­ve no mo­men­to é a ques­tão bu­ro­crá­ti­ca dos do­cu­men­tos en- tre os en­vol­vi­dos – Co­desp, Fas­si­na, Dow Química e As­so­ci­a­ção Co­mer­ci­al do Gu­a­ru­já, que vai in­ves­tir R$ 2,2 mi­lhões na obra. “No dia 1º de agos­to se­rá re­a­li­za­da uma reu­nião en­tre to­dos e, se a as­si­na­tu­ra sair e o aces­so do ter­re­no for efe­ti­va­do, a obra está de­sen­ro­la­da e ter­mi­na em 90 dias”, afir­ma.

Por se­rem ter­re­nos par­ti­cu­la­res, a so­lu­ção foi a Co­desp pa­gar um alu­guel de R$ 45 mil e R$ 15 mil, para a Fas­si­na e a Dow Química, res­pec­ti­va­men­te. Se­gun­do o vi­ce-pre­fei­to, se­rão fei­tas três pis­tas, que fa­rão a in­ter­li­ga­ção da ro­do­via Santos Du­mont à Cô­ne- go, sem a ne­ces­si­da­de de pas­sar pe­la rua do Adu­bo, que pas­sa­ria a con­cen­trar so­men­te os ca­mi­nhões com con­têi­ne­res. “Nas ou­tras pis­tas pas­sa­ri­am os gra­ne­lei­ros e os que car­re­gam lí­qui­dos. Acre­di­to que ali­vi­a­ria 40% do trá­fe­go da rua do Adu­bo em pi­co da sa­fra e 25% em ou­tros pe­río­dos”, afir­ma Duí­no, que res­sal­ta que a área da Fas­si­na já está com o so­lo pron­to.

A re­por­ta­gem en­trou em con­ta­to com a Co­desp e a Dow Química, po­rém am­bas não re­tor­na­ram à so­li­ci­ta­ção.

De­fi­ni­ti­vo

Dentro do pro­je­to PAC2 (Pro- gra­ma de Ace­le­ra­ção do Cres­ci­men­to), com in­ves­ti­men­tos de R$ 300 mi­lhões, está pre­vis­ta a re­a­li­za­ção de mais qu­a­tro pis­tas na Cô­ne­go, com du­as fai­xas de ro­la­men­to, em ca­rá­ter de­fi­ni­ti­vo. O trá­fe­go ur­ba­no se­rá di­re­ci­o­na­do a um vi­a­du­to a ser cons­truí­do na Santos Du­mont até a Val­do­mi­ro Ma­cá­rio. No en­tan­to, ain­da não há uma da­ta para que a obra co­me­ce, já que é ne­ces­sá­rio a de­sa­pro­pri­a­ção do lo­cal. “É um pro­ces­so mais lon­go”, afir­ma Duí­no. CH­RIS­TI­A­NE FER­REI­RA

| FRED CA­SA­GRAN­DE/METRO SANTOS

Rua do Adu­bo con­cen­tra gran­de flu­xo de ca­mi­nhões e mui­tos con­ges­ti­o­na­men­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.